MAIS PERTO DE JESUS! (PARTE 2).

a)               Espírito de enfermidade:

 A enfermidade dessa mulher não era meramente uma enfermidade física, mas sim uma enfermidade causada por demônios. Lucas descreve como um espírito de enfermidade que a possuía. E Jesus diz que ao ser liberta ela estava livre de uma prisão satânica.

 b)               Dezoito anos enferma:

 Há dezoito anos presa por um espírito que lhe causava embaraços e vergonha. O tempo nos diz também que ela era uma mulher perseverante, freqüentadora da sinagoga; devia viver em conflito: dominada pelo mal, porém buscava o conhecimento das escrituras (naquela época o Antigo Testamento).

 c)                 Não podia de modo algum endireitar-se:

 “A descrição da enfermidade dessa mulher faz crer que os ossos da sua coluna eram rigidamente fundidos entre si” (NVI – Bíblia de Estudo).

 d)               Estava na sinagoga:

 “As mulheres não tinham participação ativa no culto da sinagoga (…) certamente ela estava nos fundos da sinagoga, onde as mulheres deviam estar” (NTLH – Bíblia de Estudo). Apesar de estar num ambiente religioso isto não a fazia uma pessoa liberta. O que a libertou foi um encontro pessoal com Jesus e não o simplesmente “estar” numa sinagoga.

II – Pensemos em Jesus:

 a)                 Vendo-a:

 O olhar de Cristo não foi um olhar curioso que muitos fazem, quando se deparam com algo que foge aos padrões. Foi um olhar além da contemplação. Ele tomou a decisão de curá-la, de chamá-la a si; e foi o que fez. O olhar que se compadece da multidão (Mc 6.34) também se compadece de uma única pessoa.

 b)               Chamou a si:

 Fez-lhe um convite para ela chegar-se a ele. Como convidou a tantos, Cristo fez o convite e ela aceita. O convite de Jesus não é um convite da adoção de  uma filosofia de vida, mas é um convite a si mesmo. Foi ele que tomou a iniciativa, depois de observar a necessidade daquela mulher. Convite que ele estendeu a toda a humanidade que está curvada pelo pecado. O convite à salvação é a todos (Is 55).

 c)   Não basta estar no mesmo ambiente em que está Jesus, mas é necessário estar perto dele:

 O cerne desta lição é este ponto. Aquela mulher foi liberta, quando deixou de estar simplesmente no mesmo ambiente em que Jesus estava. Ela aceitou o convite dele e passou a estar perto dele. E, quando esteve perto, a prisão se desfez. Jesus impôs as mãos e ela foi curada. Quantos não vivem em ambientes religiosos sem ter este encontro com Jesus, sem esta necessária aproximação! Daí o tema da lição: mais perto de Jesus.  Como diz o hino: “Mais, mais de Cristo…”. Deixemos de ser  curvados pelo desânimo, pelas cargas da vida, pela inferioridade, pelo desvio moral, pela mentira, para ser eretos com o pensamento nos céus e os nossos pés na terra, vivendo segundo os padrões de Deus neste mundo tortuoso.

 “Pensai nas coisas lá do alto, não nas que são aqui da terra” (Cl 3.2).

 d)                 Uma prisão se desfez.

 Jesus disse que convinha soltar aquela mulher da prisão em que estava. Dezoito anos presa. A Palavra de Deus afirma que:

 E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará. (Jo 8.32)

Se, pois, o Filho vos libertar, verdadeiramente sereis livres. (Jo 8.36)

 Não há prisão espiritual que Jesus não desfaça, por mais anos que a pessoa esteja presa. Há poder libertador em Jesus. Jesus libertou o endemoninhado gadareno (Mc 5). Libertou o endemoninhado da sinagoga (Mc 1.21-28). Pelo poder do nome de Jesus, Paulo e Silas libertaram a jovem pitonisa (At 16.16-18).

(Este texto continua na parte 3). O autor do texto é o Pr Eber Jamil).

Anúncios

2 Respostas para “MAIS PERTO DE JESUS! (PARTE 2).

  1. Este blog é um veículo de divulgação da palavra de Deus , e portante é uma benção!

  2. Este blog é mais um veiculo da aprendermos mais da Palavra de Deus,Glória ao Senhor por isso!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s