SALOMÃO: A OSTENTAÇÃO OFUSCA A SABEDORIA.

Vivemos sob um sistema plenamente consumista, a obtenção de riquezas tem se traduzido como o alvo das pessoas. Temos muitos exemplos de que o alcançar as riquezas não satisfazem plenamente o homem. Salomão teve tudo o que quis, mas isto não lhe trouxe felicidade, pelo contrário trouxe frustração, um sentimento de vazio. Salomão em Eclesiastes capítulo 2 afirma que:

. O prazer não lhe trouxe satisfação (2.1).

. A bebida não lhe trouxe satisfação (2.3).

. Grandes obras para si não lhe trouxeram satisfação (2.4-6).

. As riquezas não lhe trouxeram satisfação (2.7 e 8).

. O alcance de tudo que desejava não lhe trouxe satisfação (2.9 e 10).

. Tudo isto foi como correr atrás do vento (2.11).

Salomão teve um começo admirável. Ele era filho de Davi com Bate-seba. Seu nome significa pacífico. O profeta Natã o chamou de Jedidas, que quer dizer “amável” do Senhor (II Sm 12:25). Ele foi escolhido por Davi para reinar no lugar dele e começou a reinar com 20 anos. Certa ocasião Deus lhe apareceu em sonho perguntando-lhe o que desejava. Salomão pediu sabedoria e recebeu um coração sábio e entendido.

O seu reinado foi de paz e progresso. Estabeleceu uma paz que duraram quarenta anos de seu reinado. Foi um verdadeiro diplomata. Ele edificou o templo de Jerusalém que Davi desejou construir. (Foi Davi que havia ajuntado o material em grande quantidade e até mesmo deixado a planta do templo para a construção). O templo foi construído em sete anos. Ele também edificou palácios. O palácio que edificou para si levou 13 anos para ser concluído. (Mais tempo que a construção do templo). Também construiu um palácio no bosque do Líbano, tudo com muito luxo. A fama de Salomão alcançou o mundo da época fazendo com que a rainha de Sabá viajasse milhares de quilômetros para conhecê-lo. As suas diversas alianças com os povos vizinhos o levaram a inúmeros casamentos, o que acabou prejudicando muitíssimo o seu reinado. Ele começou a trazer os costumes religiosos dessas mulheres, e seu coração se deixou seduzir pela idolatria – idolatrando outros deuses e até construindo edificações pagãs. A sabedoria foi eclipsada pela luxúria e ostentação. Salomão semeou a divisão do povo de Israel. Uma das causas foram os juros abusivos que cobrava do povo.

A riqueza é um dom de Deus. Alguns conseguem alcançá-la, mas muitos naufragam neste “teste do muito”. Muitos se desviam da fé por amar ao dinheiro e trazem para si muitos males. Mesmo que alcancemos tesouros nesta terra, que de fato, e em verdade, o nosso tesouro seja o celestial. O nosso coração não pode deificar bens, propriedades ou pessoas. Eclesiastes, que foi escrito por Salomão, afirma que tudo é vaidade. Só podemos usufruir do sentimento de plenitude em Deus e não nos bens e pessoas desta terra. Depois de inquirir sobre a existência em Eclesiastes, Salomão chega à seguinte conclusão:

“ De tudo o que se tem ouvido, o fim é: Teme a Deus, e guarda os seus mandamentos; porque isto é o dever de todo o homem. Porque Deus há de trazer a juízo toda a obra, e até tudo o que está encoberto, quer seja bom, quer seja mau.” Eclesiastes 12: 13 e 14.

(O autor do artigo é o Pr. Eber Jamil, dono do blog).

Anúncios

3 Respostas para “SALOMÃO: A OSTENTAÇÃO OFUSCA A SABEDORIA.

  1. Gosto muito de todos o ensinamentos e estudos expostos aqui! Deus o abencoe e ilumine cada vez mais em nome de Jesus, amém

  2. Silvana Madalena Batista de Almeida

    Pr. o senhor é uma bênção gostei muito da explicação sobre ostentação

  3. Gostei dos ensinamentos…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s