A VONTADE DO AMOR.

o_amor

Ct 2.7 – Conjuro-vos, ó filhas de Jerusalém, pelas gazelas e cervas do campo, que não acordeis nem desperteis o meu amor, até que queira. Ct 3.5 e 8.4.

O amor é muitas vezes visto como um sentimento, mas o amor na visão bíblica é também a decisão de amar. O amor tem o seu desenvolvimento. Tem o tempo de amadurecimento. Tem vontade e é sobre a vontade do amor que quero escrever. Aquele que nasceu de novo tem a experiência do derramamento do amor de Deus no coração, que aperfeiçoa o amor natural e sentimental que a pessoa possui. Vejamos a vontade do amor tendo como referência o amor de Deus por nós.

I – A VONTADE DO AMOR É DAR-SE PARA A PESSOA AMADA.

“Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito…” Jo 3.16.

O amor tem a marca da entrega, da doação. Quem ama verdadeiramente deseja se desvendar, se revelar para o amado. As delícias do jardim interior da alma são reveladas para a pessoa amada. Os recônditos e antecâmaras são conhecidos pelo amado.

II – A VONTADE DO AMOR É CUIDAR E PROTEGER A PESSOA AMADA.

“…para que todo aquele que nele crê não pereça…” Jo 3.16.

Quando amamos queremos poupar a pessoa amada do sofrimento despropositado, sem sentido, poupar da violência gratuita e fortuita. Queremos cuidar dela e vê-la desenvolver-se e ser feliz.

III – A VONTADE DO AMOR É TER UM RELACIONAMENTO DURADOURO E DE QUALIDADE.

“…mas tenha a vida eterna.” Jo 3.16

Não é como poeta disse que seja eterno enquanto dure. O desejo e a vontade é que seja eterno mesmo, que dure para sempre, cheios de qualidade e vivacidade.

IV – A VONTADE DO AMOR É MANIFESTAR-SE DE FORMA CONCRETA.

“Mas Deus prova o seu amor para conosco em que Cristo morreu por nós, sendo nós ainda pecadores.” – Rm 5.8.

O amor não é verborrágico. Não fica no discurso. Manifesta-se na concretude da existência. Quantas declarações de amor não são condizentes com a prática. Entretanto, o amor é vida, é prática. Não é algo que fica apenas no imaginário (platônico), é real e verdadeiro.

V – A VONTADE DO AMOR É A FIDELIDADE.

“Jesus respondeu e disse-lhe: Se alguém me ama, guardará a minha palavra, e meu Pai o amará, e viremos para ele e faremos nele morada.” – Jo 14.23.

O amor é o vínculo da perfeição, portanto envolverá fidelidade, honestidade, verdade e obediência. A fidelidade não é apenas algo físico, corporal, mas algo que vem do interior, dos subterrâneos da alma.

VI – A VONTADE DO AMOR É PERSEVERAR

“Ora, antes da festa da Páscoa, sabendo Jesus que já era chegada a sua hora de passar deste mundo para o Pai, como havia amado os seus que estavam no mundo, amou-os até ao fim.” – Jo 13.1

O amor é resistente. É um cordão de três dobras. Persevera. Continua. Insiste. Vai em frente. As circunstâncias da vida são alternantes, mas quem ama continua amando.

VII – A VONTADE DO AMOR É PERDOAR.

“Por isso, te digo que os seus muitos pecados lhe são perdoados, porque muito amou; mas aquele a quem pouco é perdoado pouco ama.” – Lc 7.47.

Relacionamento é uma arte que sempre seremos alunos. Sempre aprenderemos. O que é capaz de triunfar sobre o pecado, o deslize, é o perdão. A restauração e a reaproximação são feitas por causa do perdão. Setenta vezes sete – disse Jesus. O amor não se torna transigente com  o pecado, pois é fiel, como já escrevemos, porém tem vontade de perdoar, escrever uma nova história.

O amor de Deus derramado em seus corações solidifique as vontades do amor em suas vidas.

(O autor do artigo é o Pr. Eber Jamil, dono do blog).

Anúncios

5 Respostas para “A VONTADE DO AMOR.

  1. Rafael Araújo

    Um dos melhores post amado pastor. Amor é muito mais do que um “sentimento” ou uma palavra, é uma ação e uma escolha. Aprendemos o verdadeiro amor eterno com Jesus. Agora, o pastor estava inspirado mesmo hein . . . “recônditos, antecâmaras, verborrágico” . . . só o amor mesmo. Obrigado Deus por existir dicionário. rs rs rs

  2. kkkk O meu vocabulário é por causa das minhas cãs e dos poucos cabelos que me restam. Frutos de alguns anos passados. Obrigado por sua colaboração. Suas participações são ótimas. Abraços.

  3. Ótimo texto Pr!

  4. Everaldo Oliveira da Silva

    o amor é o fundamento de todas as coisas, expresso através da obediência ( amor em ação ). Nele flui a misericórdia ( perdão ) ao pecador arrependido e a salvação ( graça ). Louvemos ao criador pelo majestoso amor.

  5. Fui muito edificado e instruído por essa mensagem pois me faz refletir sobre os mistérios do amor na sua altura e profundidade largura e extensão se é que posso compreender assim, que o Eterno Deus continue lhe inspirando para edificar vidas e glorificar o seu Bom Nome a paz meu Pastor !

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s