CONSOLADOS PARA CONSOLAR

semdocomsolado

Por que? Talvez esta seja a grande pergunta que se faz quando se passa pelo sofrimento. A impressão que se tem é que a circunstância está descontrolada e não tem sentido algum. Será isto? Vejamos um pouco do que a Bíblia registra a esse respeito.

2 Co 1 v.4: … para que também possamos consolar os que estiverem em alguma tribulação, com a consolação com que nós mesmos somos consolados por Deus.

A consolação recebida nos habilita consolar a outros. O passar pelo sofrimento e o consolo recebido de Deus fazem com que possamos ajudar outros que passam pela mesma coisa. Note bem que o sofrimento sofrido não foi despropositado, mas teve o propósito de nos fazer instrumentos de consolação. Há um propósito – consolarmos outros. Esse senso de propósito e de missão permeiam toda a Bíblia com relação aos servos de Deus. Quantas vezes achamos que as intempéries da existência são tufões sem controle e despropositados. Entretanto, aquele que serve a Deus pode ter certeza que há um propósito em tudo. Leia Romanos 8:28-39.

Na situação de Paulo ele cita o propósito de consolar outros com a mesma consolação recebida. O fato de termos passado pela tribulação, pela peleja, por causa da justiça, faz com que possamos estimular outros em igual situação. Paulo disse aos Galátas que uma das coisas que lhe davam autoridade eram as marcas de Cristo em seu próprio corpo. As marcas, experiências, pela causa de Cristo são marcas e experiências de conforto também que Deus nos outorga. Deus é o Deus da providência. Leia Galátas 6:11-18.

Veja o exemplo na vida de José. A providência divina é patente na história de José do Egito. Leia Gênesis 37:1-11. Deus revelou os detalhes dessa história, assim enxergamos a providência com clareza. Entretanto, existem outras histórias, existem outras pessoas, existem as nossas histórias pessoais: será que a providência divina é aplicável? Quando lemos a Bíblia percebemos que sim. Deus é o Deus Provedor, e não foi só com José, mas foi com Abraão, com Jacó, com Judá, com o Copeiro, etc. Deus de fato mostra desde o início, que a história da humanidade não está entregue a si mesma, mas aos Seus cuidados. Leia Gênesis 22:13 e 14.

José mostrou no final compreender o designer do tapeceiro divino, que costurou a história dele de forma magnânima, assim ele conseguiu perdoar os irmãos. Leia Gênesis 50:19-21. Como nos livraremos da amargura, da frustração, se cremos na providência divina! A sensação que temos é que temos peças de um grande quebra-cabeça, as quais não nos são possíveis encaixar. Porém, Deus encaixa.

Segundo o texto estudado a providência também se manifesta em consolação ao servo de Deus. Ele sai consolado para consolar. Deus tem um propósito. Lembro do meu pai em seu programa de rádio que depois de dar o noticiário cristão sempre dizia: Deus tem um plano! A história tem um maestro. Leia Salmos 139:16. Grande é o mistério. Apesar de o homem exercer sua volição, Deus é soberano. Nunca, nós homens, conseguiríamos encaixar a volição humana e a soberania de Deus, mas Deus encaixa e nenhum dos seus propósitos é frustrado. A teologia sempre pende para um dos lados: a volição humana ou a soberania de Deus. Eu creio no encaixe por causa do prévio conhecimento de Deus sobre tudo. Para Deus não há passado, presente ou futuro, tudo é uma coisa só. Ele não está preso ao tempo e nem no espaço. Ele é Livre. Leia João 3:8 e At 9:1-19.

Tendo escrito, que aquele que está em Cristo passa por sofrimentos pela causa de Cristo com um propósito, e que a providência de Deus não falha. Podemos escrever que um desses propósitos é o amadurecimento e o preparo para ajudar outros. Leia Romanos 5:1-5 e Tg 1:2-4 e 12.(Tiago usa a palavra tentação, neste caso, no sentido de provação).

Podemos observar também que o autor de Hebreus escreve que Jesus está capacitado a consolar qualquer pessoa porque em tudo foi experimentado.

Hb 4:15 – Porque não temos um sumo sacerdote que não possa compadecer-se das nossas fraquezas; porém, um que, como nós, em tudo foi tentado, mas sem pecado.

O sofrimento de Cristo teve um caráter vicário, ou seja, substitutivo, redentor. Nesse aspecto Ele foi único, pois Ele foi o Cordeiro de Deus para tirar o pecado do mundo (João 1:29).

O texto bíblico que mais expressa essa verdade está em Isaías 53:

3 Era desprezado, e o mais rejeitado entre os homens, homem de dores, e experimentado nos trabalhos; e, como um de quem os homens escondiam o rosto, era desprezado, e não fizemos dele caso algum.

4 Verdadeiramente ele tomou sobre si as nossas enfermidades, e as nossas dores levou sobre si; e nós o reputávamos por aflito, ferido de Deus, e oprimido.

5 Mas ele foi ferido por causa das nossas transgressões, e moído por causa das nossas iniqüidades; o castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados.

Graças a Deus porque Ele nos conduz em triunfo e faz com que o sofrimento nos municie e habilite a ajudarmos outros. Deus sempre tem um propósito maior no sofrimento de seus filhos.

Fp 4: 6 e 7 – Não estejais inquietos por coisa alguma; antes as vossas petições sejam em tudo conhecidas diante de Deus pela oração e súplica, com ação de graças. E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará os vossos corações e os vossos sentimentos em Cristo Jesus.

(O autor do artigo é o Pr. Eber Jamil, dono do blog).

Anúncios

Uma resposta para “CONSOLADOS PARA CONSOLAR

  1. Essa mensagem vem como resposta para aqueles que se questionam e principalmente questionam Deus:

    “Senhor por que eu estou passando por isso, se tenho procurado ser fiel a ti; Se tenho procurado fazer a tua obra com diligencia e com sinceridade de coração? … Porque isso meu Deus?… Porque essa luta? … O que há Senhor?… Senhor, eu acho que vou dar um tempo; vou parar com tudo e ficar quietinho no meu lugar até que a tempestade passe; até que a poeira abaixe … E nada de fazer a obra de Deus. Chega de luta e sofrimento!! ”
    Aí está a resposta de Deus para você, para a sua vida. Tenha consciência e não abra mão de sua benção, muito menos de sua obediência e fidelidade ao Senhor. Não faça como o profeta Elias; Não se esconda na caverna. Arregace as mangas e vá a luta. Console outros com a experiência recebida; com as mesmas consolações com que o Senhor tem lhe consolado. Ajude-os a ter fé e confiança no senhor sabendo que o vento sopra, mas logo passa. O choro pode durar uma noite mas a alegria vem ao amanhecer. Prossiga e ajude outros a prosseguirem.

    – Parabéns pastor, muito boa a mensagem. Que o nosso Deus possa
    continuar te dando inspiração, e mensagens simples como esta, mas de profundo e longo alcance. Deus te abençoe! Um abraço!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s