SAÍNDO DAS TREVAS.

luz17

Algumas pessoas têm o seu entendimento cegado pelo diabo, como diz a Palavra, estão nas trevas. Quem está assim não discerne o caminho que está seguindo. Não vê as coisas como são. Tropeça facilmente. O ódio é sentido. As aflições encontram o entendimento entenebrecido. Esse tipo de trevas são as trevas espirituais. Onde se encontram aqueles que são dominados pelo pecado e por satanás, sem salvação e sob condenação.

É preciso reconhecer que Jesus é a Luz que veio ao mundo. A Luz vence as trevas e elas não podem prevalecer. Clame ao Senhor e Ele te ouvirá. É o único que pode tirar das trevas espirituais.

Há outros tipos de trevas como aqueles períodos existenciais que podemos atravessar. A culpa é um deles.

Salmos 130 – 1: DAS profundezas a ti clamo, ó SENHOR.

O salmista que clamou assim sentia-se acachapado pela culpa, que o esmagava com todo o seu peso. Antes e durante o pecado podemos não perceber sua letalidade, porém quando a ficha cai, se sente o peso esmagador da culpa. Daí o pecado sempre fica diante da pessoa feito uma assombração.

O homem cria sistema de compensações para resolver a questão da culpa. Passa a ter atitudes positivas, que não tinha antes, para redimir-se do pecado cometido. Entretanto, a culpa não é resolvida pelos artifícios humanos. Diante de Deus o pecado permanece. Porém, há esperança para o homem que está esmagado pela culpa como houve saída para aquela mulher, diante de Cristo, pega em flagrante adultério. Ao mesmo tempo que a aflição bate no coração do culpado, se ele se voltar para Deus terá esperança e encontrará a solução e a justificação do seu estado.

O salmista descreve sua expectativa como a de uma sentinela que aguarda o término do seu turno ao amanhecer. Terminando com uma expressão de confiança que sua culpa será redimida. Tal esperança ocorre no coração do nascido de novo, que sofre a culpa do pecado, mas crê que Deus possa perdoar e restaurar a situação.

Creio que a solução se dá ao se perceber que não há solução a não ser se voltando para Deus, pois só com Ele está o perdão. Não usar artifícios, arrepender-se, confessar, abandonar, assumir novas práticas – tal é o caminho daquele que é perdoado por Deus.

Deus não apenas perdoa, o que já é impossível ao homem, mas purifica, justifica, tornando a pessoa novamente aceitável diante de Deus, que redundará na capacitação para se enfrentar o pecado com suas consequências na sociedade. Pois, Deus tem o poder de levantar o caído, restaurar o que foi destruído. Numa mudança que começa no interior pelo Espírito Santo, que desemboca numa transformação de toda a vida. A pessoa saí das trevas para a maravilhosa luz do Senhor.

O fato é que a salvação que há em Cristo não fica estanque ao perdão dos pecados. Jesus morreu pelos nossos pecados, mas não ficou morto – ressuscitou. Assim como a pessoa que se arrepende tem o seu pecado perdoado, mas é transformada numa nova pessoa, e quando Cristo voltar será glorificada, encontrando Cristo nos ares.

(O autor do artigo é o Pr. Eber Jamil, dono do blog).

Anúncios

Uma resposta para “SAÍNDO DAS TREVAS.

  1. Marlilia Moyzes

    Bom dia Pr Eber Seus textos sempre me levando a reflexão… Palavras que edificam ABS

    Marlilia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s