HUMILDADE: MARCA DO CRISTÃO.

humildade2

A humildade é uma característica marcante do cidadão do reino. É uma das marcas que Jesus deixou para que a seguíssemos. Os discípulos se reuniram com Jesus para perguntá-lo quem seria maior no reino dos céus. Jesus respondeu:

Mt 18:4 – Portanto, aquele que se tornar humilde como este menino, esse é o maior no reino dos céus.

Em outra ocasião Jesus mostrou aos discípulos que a grandeza do reino de Deus é servir. Diferente do mundo que aqueles que lideram, muitas vezes, acham-se senhores dos seus liderados. A liderança, segundo Cristo, é exercida no espírito daquele que serve, é uma liderança servidora. Pois o maior é aquele que mais serve. A autoridade obtida é para servir e não para um relacionamento tirânico.

No tratamento do próximo a humildade é muito necessária. Relacionar-se sentindo o rei na barriga polui os relacionamentos e desagrega ao invés de promover a unidade. O humilde consegue ter empatia com o outro, ajudando o próximo em sua dificuldade. A humildade proporciona a fluidez nos relacionamentos porque há um tratamento respeitoso e dignificante. O contrário da humildade, que é a arrogância, traz transtornos para os relacionamentos. Algumas vezes o tema de quem seria o maior fez com que os discípulos discutissem. Jesus neste caso usou como exemplo uma criança, que geralmente é o que é, tendo transparência e autenticidade.

A humildade é essencial no relacionamento com Deus. Deve se aproximar de Deus aquele que entende que Toda Boa Dádiva vem de Deus pela Graça de Deus através de Jesus Cristo. Deus rejeita a arrogância. Aqueles que creem que a salvação é adquirida pelos méritos pessoais podem até ter aparência de humildade, mas são arrogantes. A salvação só é alcançada pelos que reconhecem a sua incapacidade de se salvar e creem que através do mérito de Cristo se alcança a salvação. O mesmo pode se falar da vida de oração. A oração que é atendida não é atendida porque super-heróis oram, mas por causa da mediação de Jesus e do Seu poder em atender de acordo com a vontade do Pai aqueles que creem. O ministério de cada um também é um mérito de Deus. Deus em Sua Infinita Graça distribuiu os dons como quis no corpo de Cristo. Então ter um dom em si não deve envaidecer. O dom é dado por Deus, cabe ao servo de Deus trabalhar e desenvolver o dom recebido.

O profeta Miquéias, certa ocasião, escreveu que andar com Deus significa andar em humildade. O arrogante é resistido por Deus. Andará na contramão do fluxo divino. O que andar em humildade encontrará a honra e o que andar pela soberba encontrará a queda. Seja um daqueles que reconhecem a Glória de Deus e que sabem que o melhor da vida é servi-lo de todo o coração e de toda alma.

(O autor do artigo é o Pr. Eber Jamil, dono do blog).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s