Arquivo da categoria: Ano novo

COMO SERÁ O PRÓXIMO ANO?

bola-de-cristal “Como será o amanha? Responda quem puder” – diz a música. Como será o próximo ano? São indagações comuns nesta época do ano. É comum assistirmos pela TV a consulta de adivinhos e futurólogos sobre essas questões.

Lendo a epístola da ação – Tiago (4:13-17) tenho algumas respostas sobre como devemos encarar o amanhã.

A primeira resposta é que não podemos fazer afirmações jactanciosas acerca do futuro como se o amanhã tivesse garantido. Os nossos planejamentos e estratégias são úteis, mas não garantem a execução dos mesmos. A segunda resposta é que não sabemos o que o amanhã nos trará. Por mais que tenhamos vislumbres acerca do futuro o amanhã sempre carrega consigo a imprevisibilidade. A terceira resposta é que a vida física é breve e passageira. Portanto, a arrogância sobre o amanhã no sentido material e físico é sustentada por uma base muito frágil tendo a densidade de um vapor. A quarta resposta é que a jactância sobre o amanhã é maligna, porque é autosuficiente e descarta Deus do processo.

A atitude certa acerca do amanhã é confiar em Deus e reconhecer que só se Deus quiser os nossos planos chegarão ao bom termo. Feliz ano novo!

(O autor do artigo é o Pr. Eber Jamil, dono do blog).

ANO ACEITÁVEL.

 

ano novo

Lucas 4

16 E, chegando a Nazaré, onde fora criado, entrou num dia de sábado, segundo o seu costume, na sinagoga, e levantou-se para ler.

17 E foi-lhe dado o livro do profeta Isaías; e, quando abriu o livro, achou o lugar em que estava escrito:

18 O Espírito do Senhor é sobre mim, Pois que me ungiu para evangelizar os pobres. Enviou-me a curar os quebrantados do coração,

19 A pregar liberdade aos cativos, E restauração da vista aos cegos, A pór em liberdade os oprimidos, A anunciar o ano aceitável do Senhor.

20 E, cerrando o livro, e tornando-o a dar ao ministro, assentou-se; e os olhos de todos na sinagoga estavam fitos nele.

21 Então começou a dizer-lhes: Hoje se cumpriu esta Escritura em vossos ouvidos.

28 E todos, na sinagoga, ouvindo estas coisas, se encheram de ira.

29 E, levantando-se, o expulsaram da cidade, e o levaram até ao cume do monte em que a cidade deles estava edificada, para dali o precipitarem.

30 Ele, porém, passando pelo meio deles, retirou-se.

31 E desceu a Cafarnaum, cidade da Galiléia, e os ensinava nos sábados.

32 E admiravam a sua doutrina porque a sua palavra era com autoridade.

O que é realmente ter um feliz ano novo? Jesus na sinagoga disse que veio proclamar o ano aceitável do Senhor. O que seria isto? Ano aceitável é o ano da aceitação, do acolhimento, do bom recebimento ao Senhor. E isto não deve ser só na virada do ano, ou nos primeiros dias do ano, mas por toda vida.

Quando falou sobre o ano aceitável, Jesus falou sobre sua agenda messiânica. O ano será aceitável para nós se seguirmos as pistas desta agenda de Jesus. Pois Jesus nos disse:

“Assim como Pai me enviou, também eu vos envio” (Jo 20.21).

“O filho do homem veio buscar e salvar o que se havia perdido” (Lc 19.10).

Percebemos assim, um ano cujo centro não seja nós mesmos.

1) Proclamar o evangelho no poder do Espírito. “O Espírito do Senhor é sobre mim. “

O ano aceitável é um ano comprometido com a proclamação do evangelho sob o poder do Espírito. Busca-se o poder do Espírito pelo poder em si. Enquanto, a palavra diz que o fim da virtude do Espírito é capacitar testemunhas e proclamadores de Cristo (At 1.8).

2) Evangelizar os pobres. “Pois que me ungiu para evangelizar os pobres”.

Na nossa agenda os necessitados, carentes e marginalizados precisam ser incluídos. Jesus atraía as pessoas que não conseguiam se encontrar em nenhum lugar, mas em Jesus encontravam aceitação e acolhimento.

3) Levar a cura aos quebrantados de coração. “Enviou-me a curar os quebrantados do coração”

Os feridos de alma devem ser alvos da nossa atenção. Devemos proclamar a Palavra de Deus que é poderosa para salvar as almas do inferno, mas também das demandas da existência. Os feridos, os magoados, os frustrados encontrarão a cura em Cristo.

4) Proclamar liberdade aos cativos. “A pregar liberdade aos cativos”.

Aos algemados pelo pecado, vícios e paixões, devemos pregar a libertação que só O Senhor pode trazer.

5) Restaurar a vista aos cegos. “E restauração da vista aos cegos”.

No ministério de Jesus houve uma aplicação literal desta obra miraculosa. Jesus curou muitos cegos. E Jesus ainda cura em nosso tempo. Porém, podemos usar esta verdade como metáfora para aqueles que não conseguem enxergar a realidade celestial, espiritual e estão nas trevas. Jesus transporta o indivíduo das trevas para a luz.

6) Pôr em liberdade os oprimidos. “A pôr em liberdade os oprimidos”.

Os oprimidos são aqueles que estão entre duas forças, entre dois pólos, tencionados e sobrecarregados. Precisamos pregar o alivio que Jesus traz a quem o busca.

7) Anunciar que Jesus é o cumprimento das escrituras. “Então começou a dizer-lhes: Hoje se cumpriu esta Escritura em vossos ouvidos”.

Para as almas ansiosas que estão sem norte e direção, precisamos anunciar que as profecias se cumprem em Cristo. Quando Jesus leu aquela profecia, ele disse que era o próprio cumprimento. Muitos “buscadores” de profecias teriam a alma aquietada se entendessem que Jesus é o cumprimento.

Queres ter um ano aceitável? Receba com alegria a Jesus. Queres ter um ano aceitável? Tenha a mesma agenda de Jesus. Proclame no poder do espírito o evangelho aos pobres, libertação dos cativos, restauração dos cegos, libertação dos oprimidos e ensine que Jesus é o cumprimento das Escrituras.

(O artigo foi escrito pelo Pr. Eber Jamil, dono do blog).

2010: CARA DE ANO NOVO.

 

fogo_artificio

Há viradas de ano em que você passa sem perspectiva. Parece que o dia 31 de dezembro é um dia como outro qualquer, de fato, é um dia como os outros. Entretanto, como todos os dias, não é um dia qualquer. Aliás, é um bom princípio de vida não encarar um dia como outro qualquer. Cada dia que surge, carrega em si, novas possibilidades. Cada dia é ímpar e singular.

Dito isto, creio que a virada do ano, apesar de ser mais um dia, é uma oportunidade de renovarmos a nossa esperança em Deus para o novo. O ano 2009 passará. 2010 chegará. E para mim, este próximo ano, tem cara e jeito de ano novo. Sinto as dores do novo e desejo a renovação implícita de um novo tempo. É preciso deixar as coisas velhas da velha vida e possuir as novas vestes da nova vida.

O texto de Colossenses 3 fala sobre nos vestir do novo, que se renova para o conhecimento, segundo a imagem de Deus. Chega de velha vida! Vista o novo no ano novo, se revista de vestes novas lavadas pelo sangue do Cordeiro Jesus, que lhe perdoa e purifica de qualquer pecado, limpando o seu velho modo de viver. Para mim 2010 é um ano novo com cara de Ano Novo.

(A autoria do texto é do Pr Eber Jamil, dono do blog).