Arquivo da categoria: Cristão

 FRASES POSTADAS NO TWITTER 64

evangelho.png

23 de jul

Quem tem Jesus como alvo terá a perspectiva do amanhã. Não é uma protelação espiritual, mas uma certeza que o futuro está nas mãos d Deus

24 de jul

Se não houver uma atitude de dependência de Deus na pregação, Deus não aceitará a prática por mais que seja eloquente.

25 de jul

Aquilo que podemos encontrar no mundo não resolve a questão da eternidade. O homem já nasce com o desejo pela eternidade e só Deus pode suprir

26 de jul

O crente deve lutar pelas causas certas que envolvem a defesa e a divulgação do Evangelho. Sempre com uma boa dose de bom senso e firmeza.

27 de jul

Ter as prioridades corretas determinarão o bom ou mau andamento da nossa vida. Quando coisas secundárias ocupam a primazia não andamos bem.

28 de jul

É importante lembrar que a duração da nossa vida na terra não sabemos. Portanto, não adiemos a decisão de lembrar e temer a Deus em tudo.

29 de jul

Seguir a Palavra não é só segui-la quando de alguma forma satisfaz anseios, mas obedece-la também quando é contrária a vontade da nossa carne

30 de jul

A mensagem do evangelho não é irreal nem ilusória. É dum realismo porque além de nos trazer fé, esperança e amor, mostra a vida como é.

31 de jul

Educar é semelhante ao trabalho do semeador.Tem que haver um trabalho anterior a semeadura como as escolhas das sementes e preparação da terra

1 de ago

Quando se ouve alguém a pessoa ouvida se sente acolhida, respeitada, pois os seus tesouros estão sendo expostos e valorizados como são.

(O autor das frases é o Pr. Eber Jamil, dono do blog).

CORAÇÃO ESPINHOSO.

espinhos

A parábola do semeador é rica em lições. Jesus usou uma linguem comum que os judeus conheciam no seu cotidiano, que tem uma linguagem universal e pertinente até os dias de hoje. Dentre os solos ilustrados quero destacar o solo cheio de espinhos.

Os espinhos que sufocam o nosso coração são as coisas que sufocam a Palavra de Deus em nós. São as ansiedades, preocupações, cuidados, relativos aos interesses desse século. Como as riquezas que prometem satisfazer, mas não satisfazem. A Palavra de Deus chega a crescer num coração como este, mas não prospera. Na verdade, se algo tem a capacidade de sufocar a Palavra em nós isto mostra que tais coisas são ídolos. O coração fica assoberbado sem o espaço para a Palavra crescer.

Jesus advertiu que onde está o teu tesouro ali estará o seu coração. Aquilo que consideramos tesouro é aquilo que amamos, priorizamos e focamos nossa atenção. Se as coisas que perecem ocupar um espaço demasiado em nossos corações nos dividirão e farão com que não sirvamos a Deus com inteireza.

Quem está nesta situação precisa crer em Deus como o único Deus verdadeiro e crer em Jesus como Seu Filho sendo Ele o único caminho para se achegar a Deus. Tal fé levará ao arrependimento e abandono dos ídolos que dividiam o coração. Assim a Palavra não será sufocada pelos “cuidados”. Terá Deus em Primeiro. Buscará o Reino de Deus em primeiro lugar. Esta é a atitude. A Palavra que é pregada frutificará muito nos corações e não será sufocada pelos interesses deste mundo.

Jesus alertou a impossibilidade de servir a dois senhores. Quando afirmou isto citou o deus “mamom”, que era o “deus das riquezas”. Podemos ampliar o significado para tudo que há no mundo que pode assenhorar-se do nosso coração impossibilitando o crescimento da Palavra de Deus em nós. O profeta Elias conclamou ao povo de Israel a tomar uma decisão: “até quando coxeareis entre dois pensamentos?” Exortou-os a escolher entre Deus e baal? Josué também pediu uma decisão ao povo: Escolham hoje a quem sirvais? Josué respondeu a sua própria pergunta: eu e minha casa serviremos ao Senhor.

Desta forma o coração não será mais solo espinhoso, mas será terra fértil e dará fruto a trinta, sessenta e até cem por um. As obras não serão mais titubeantes. Serão feitas com inteireza de coração. Deus deseja que O amemos com todo coração, toda alma e todo entendimento. Quem assim amar também amará o próximo como Jesus amou. Os frutos da vida com Deus vicejarão. Trazendo resultados nas vidas em volta.

A fecundidade é uma das marcas daqueles corações que foram transformados pelo evangelho. A fé que veio através da Palavra de Deus se visibiliza e traz resultados como obras coerentes com novo coração. Não há mais “sufoco”, “assoberbamento”. Agora é tempo de frutificar! Ocorreu pela fé uma união com Cristo: Eu sou a videira, vós as varas; quem está em mim, e eu nele, esse dá muito fruto; porque sem mim nada podeis fazer (João 15:5)

(O autor do artigo é o Pr. Eber Jamil, dono do blog).

FRASES POSTADAS NO TWITTER 63.

 

evangelizaçao

Não queremos que a Igreja se torne uma peça de museu nem Deus a fundou para isto. A missão é pregar o evangelho a toda criatura. 13\06\2017

Jesus, sendo Deus, tem o poder de revigorar o cansado. Se ele ressuscita até mortos não tem poder para renovar uma pessoa cansada? Claro que tem. 15\06\2017

Para que a Igreja de Cristo cresça com solidez é preciso cumprir a ordem de Jesus: “ide e fazei discípulos”. Não há como ser diferente. 16\06\2017

O crente em Jesus deve se sentir seguro, pois ele passará por provas, mas será aprovado. Ele pode claudicar, até cair, mas levantará! 17\06\2017

Cumprindo seu papel a Igreja de proclamar a Palavra fará diferença neste mundo como o sal faz diferença na comida e a luz faz nas trevas 18\06\2017

Ao se aproximar da Bíblia com humildade e dependência de Deus aprenderás e te conduzirás de forma acertada. Ela é lâmpada para nossos pés. 19\06\2017

O olhar do crente não é um olhar ensimesmado. Quem vive olhando para o seu próprio umbigo anda na contramão da vontade de Deus. 20\06\2017

Fazer o bem é um bom lema para a vida. Sem priorizar a recompensa. Fazê-lo de forma altruísta. Fazer principalmente a quem não pode retribuir. 21\06\2017

A Igreja recebe a capacidade de Deus de vencer e de perseverar. Sempre há um remanescente fiel, como acontecia com o povo de Israel no Antigo Testamento. 25\06\2017

A morte que tira a esperança de muitos não tira a esperança do justo. A Bíblia diz que o justo tem esperança até na morte. Tal esperança é viva – 26\06\2017

(O autor das frases é o Pr. Eber Jamil, dono do blog).

RELACIONAMENTO COM DEUS.

relacionamento com deus

Deus é um Deus pessoal. Não é uma força ou energia. Como é o seu relacionamento com Ele? Próximo, distante ou indiferente? Como responder esta pergunta? Observando as Escrituras.

O indiferente é aquele que toca sua vida como se a vida se resumisse a aquilo que ele está vivendo no momento. Diante de um perigo ele pode até exclamar: meu Deus! Mas, não mais do que isto. Seus projetos de vida não consideram a vontade de Deus. Ele conta consigo próprio, com os amigos, com os contatos e até com o acaso. Pode até ter uma ideia acerca de Deus, mas não conta com Ele na hora de tomar uma decisão. Isto não é necessariamente um ateísmo filosófico, mas é um ateísmo prático porque leva sua vida como se Ele não existisse. Ele pensa no futuro se baseando naquilo que o circunda, e naquilo que são os seus interesses. Afugenta-se nas tarefas diárias sem pensar numa vida além do túmulo.

O de relacionamento distante crê na existência de Deus, mas não traz isto para a sua vida cotidiana. Deus é o Deus do outro. Deus é o Deus do universo, mas Ele fica lá e a pessoa aqui. Ele é Todo-Poderoso, mas não faz intervenções pessoais na sua vida, se fizer, segundo quem pensa assim, será sem envolvimento. O distante também pode se manifestar de outra forma como a religiosa por exemplo. A pessoa é envolvida com o culto, com a liturgia, com os semelhantes religiosos, mas intimidade relacional com Deus não tem. Ele não para um “face a face com Deus”. Ele pode até se envolver com as coisas relacionadas a Deus, mas nunca de forma relacional próxima. Viver num ambiente onde Deus é cultuado e celebrado é o máximo que ele chega.

O autor de Hebreus afirma que para se aproximar a Deus tem que ser com fé. A fé em Jesus é que adentra a pessoa num real relacionamento com Deus. Não é uma fé por tabela, nem uma fé que é uma crença sem coração, mas uma fé pessoal, que resulta em profundas mudanças na vida da pessoa. A fé em Deus só é possível porque Deus tomou a iniciativa em direção ao homem tendo imolado o cordeiro de Deus antes da fundação do mundo. Tendo sua realização na plenitude dos tempos com o advento de Cristo na história. Sendo Jesus o único mediador entre Deus e os homens. Portanto, não há outra pessoa que nos faça próximo a Deus. Um dos seus nomes é Emanuel, que quer dizer: Deus conosco. Quem crê em Jesus torna-se filho de Deus por adoção. Vivendo a partir daí um relacionamento próximo de Deus.

Viver próximo de Deus é desfrutar de um relacionamento com Ele. A pessoa cultiva a devocionalidade através da meditação da Bíblia, oração e a direção do Espírito Santo. Viver próximo é sempre desejar ir mais adiante, pois a vida com Deus é eterna, portanto inesgotável. Uma fonte cristalina sempre jorra no relacionamento com Deus. A proximidade com Ele é mostrada na conduta, na vida que se leva. Não pense que o verdadeiro relacionamento com Deus não seja algo que possamos ver no dia a dia, pois se vê. Não se pode esconder uma cidade edificada no monte. De longe se avistará suas luzes.  Quem está próximo de Deus é capacitado a realizar boas obras porque é um nascido de novo que foi criado por Deus para a realização das mesmas. Portanto, a fé se visibiliza naquele que por ela foi aproximado de Deus.

Você refletiu sobre a sua posição? Você é indiferente, distante ou próximo de Deus?  Deus te quer próximo. Nada de ficar se achando vazio, sem sentido na vida, a mercê do acaso. É tempo de viver aderido pela fé a Deus por meio de Cristo. Quem tem O Filho tem O Pai e recebe O Espírito como companheiro constante. Aquele que vem a Ele de nenhuma maneira será lançado fora. A salvação permanece. Jesus disse: Está consumado e quem crê nEle se apossou da salvação que o levará a ser semelhante a Jesus, pois só assim poderá vê-lo. Louvemos ao Senhor por podermos viver próximos dele desde o dia que cremos.

(O artigo é escrito pelo Pr. Eber Jamil, dono do blog).

FRASES POSTADAS NO TWITTER 61.

avivamento

Em todos os avivamentos haverá arrependimento porque O Espírito Santo desnuda a situação da Igreja e reascende a chama do primeiro amor. 19\03\2017

Se você reconhece que está aquém do que Deus gostaria e que precisa de uma renovação você já deu o primeiro passo em direção ao avivamento. 20\03\2017

A arrogância como base de um projeto de vida é maligna porque não dá glória a Deus, mas dá glória a si mesmo. 27\03\2017

Quando se está sofrendo admitir para Deus que está doendo é um passo para a cura. Não devemos recalcar, ficar sofrendo calado. Deus é nosso amigo. 05\04\2017

Entender que a criação manifesta a Glória de Deus e que o homem recebeu a posição honrosa de administrador leva-nos ao louvor e a adoração. 08\04\2017

Crer em Jesus não é crer ou viver de forma superficial. Crer em Jesus é mergulhar de cabeça. Deus não deseja nada menos do que tudo para Cristo. 10\04\2017

Perdão é uma atitude que desprende as emoções das situações. Não é que as lembranças deixarão de existir, mas não se terá o mesmo sentimento. 12\04\2017

Deus certamente “balançará” a vida do ortodoxo não praticante. Para que desperte da sua incoerência e venha viver uma vida mais condizente. 18\04\2017

Ao se deparar com pessoas fechadas, que parecem estar obtusas para o Evangelho lembre-se que para os homens é impossível, mas não para Deus. 19\04\2017

Temor a Deus, sim e sempre. Mas medo, não. O perfeito amor lança fora o medo. Quando a Bíblia fala em temor e tremor está falando de respeito. 20\04\2017

(O autor das frases é o Pr. Eber Jamil, dono do blog).

A ESCOLA DO SABER DE DEUS.

ebd1

Ser como Cristo, praticando a Bíblia, é o grande desafio. Viver uma vida íntegra, a partir das Escrituras Sagradas, só irá acontecer quando priorizarmos o estudo da Palavra de Deus. É fundamental a conscientização da real importância da Escola Bíblica Dominical para o crescimento espiritual de todos, sejam recém convertidos ou aqueles que cresceram dentro de uma igreja. É na EBD que se criam líderes e se prepara para a vida em comunidade. Mas o objetivo maior, que é entender a vontade de Deus e seus mandamentos, só será alcançado quando os professores compreenderem a necessidade espiritual de seus alunos.

Conhecer algum membro que só vai para igreja assistir a celebração é fácil, infelizmente. O resultado da ausência na EBD ou da falta de Escolas Bíblicas fortes, são cristãos despreparados que cometem erros sobre coisas simples e primordiais ensinadas por Deus de forma clara na Bíblia. É na EBD que toda a igreja tem a possibilidade de desenvolver seu conhecimento bíblico, ter voz ativa para discutir cada versículo bíblico, usar todas as ferramentas necessárias e disponíveis para o melhor aprendizado da Palavra e discutir as linhas de pensamentos e traduções. A EBD é tão importante dentro da comunidade cristã, quanto o louvor e a mensagem do pastor. É na EBD que qualquer pessoa tem a liberdade de interromper para perguntar o que não foi compreendido, ou apresentar uma segunda opinião. A EBD é o primeiro passo para o crescimento espiritual de todo um conjunto, nesse caso, a igreja.

O desafio de qualquer ser humano é deixar seus erros e seguir uma vida íntegra, viver uma constância diante de tudo o que lhe é ensinado. Mas é justamente por isso que a EBD não tem um fim, como a escola, a faculdade, a pós graduação. A Escola Bíblica é feita durante toda uma vida, porque a Palavra é viva e sempre traz uma nova visão pela fé. Isso também, porque qualquer servo do Senhor convive com a sua natureza humana e precisa saber como lidar com as crises durante a vida. Como o apóstolo Paulo descreveu: “Pois não faço o bem que quero, mas justamente o mal que não quero fazer é que eu faço. Mas, se faço o que não quero, já não sou eu quem faz isso, mas o pecado que vive em mim é que faz” (Romanos 7.19-20).

Se você deseja ser sábio e ter uma vida íntegra, mas olha para a Escola Bíblica como mais um evento da igreja, entenda que ela é a escola do saber de Deus. Uma escola que está preocupada com quem você foi, com o que você é e com o que você será.

Discuta, participe, compartilhe os pensamentos de Deus através desta escola.

(Fonte: Convenção Batista Brasileira)

 

 

CORAÇÃO REGENERADO.

Novo-Coração

Muitos quando se aproximam da mensagem do Evangelho depositam sua fé na Igreja,e aproximam do cristianismo depositam sua fé na vida social que a mesma proporciona, no pastor etc. Mas quando o problema chega, abandonam a fé. É como um terreno com uma camada fina de pedras, com cascalhos por baixo. É um coração superficial, que recebe com o entusiasmo a palavra, mas murcha, quando vem o sol da angústia, da perseguição, e abandona as fileiras. É um coração sem raízes profundas. No primeiro momento não dá para perceber isto porque a pessoa manifesta um entusiasmo e uma vontade de fazer tudo ao mesmo tempo, que parece uma fé real, mas não persevera.

Por situações semelhantes a esta, pessoas tendem acreditar que a salvação se perde depois de ter acontecido a regeneração. Porém, a parábola do semeador contada por Jesus deixou bem claro que estas pessoas na verdade não se converteram. A Palavra de Deus tem o poder de mostrar o que não se vê pela aparência. Pessoas que parecem ter gás total acabam mostrando que o que tinha era um entusiasmo passageiro.

O coração de quem se converte enraíza-se no Senhor. Portanto, persevera. Tal pessoa tem segurança. O maior dos milagres aconteceu, que é o novo nascimento. A pessoa recebeu um novo coração, uma nova natureza e foi liberta da escravidão do pecado. Agora o pecado é eventual. Não se vive mais na prática habitual dele.

O coração regenerado é frutífero. Mostra a fé que se tem. Tiago asseverou que a fé sem obras é morta. Havendo tempo hábil o crente que nasceu de novo mostrará que sua fé e genuína. Não escrevo que não possa apresentar dificuldades, pois perfeição só na glorificação, mas a fé verdadeira se visibiliza. Abraão creu e isto foi imputado como justiça. Abraão passou por provas e perseverou mostrando que sua fé era real.

Ao recebermos Jesus o amor de Deus foi derramado em nosso coração com a presença do Espírito Santo. Assim o nascido de novo que tem uma capacidade natural de amar recebe o amor de Deus como fruto que dá uma capacidade além da natural de amar. Um amor que se torna a marca identificadora no caráter do crente que é nascido de novo.

Uma nova natureza, uma nova estrutura recebe o nascido de novo que é tão diferente daquela que tem o superficial. O superficial é comandado pela alma, pela concupiscência, mas o nascido de novo é dirigido pelo Espírito de Deus que habita nele influenciado a alma e a mordomia do corpo. De maneira nenhuma as características do nascido de novo são sustentadas por ele mesmo. É obra de Deus. É milagre do Senhor. É obra do Espírito Santo. Não é mérito pessoal.  Quando Jesus foi crucificado e ressuscitou conquistou a vitória sobre satanás e sobre a opressão do domínio do pecado. Quem crer nEle recebe a libertação, a salvação e deixa de ser escravo do pecado e recebe a vida eterna.

O sinal que houve a libertação é o arrependimento. A tristeza segundo Deus, a confissão de pecados, o abandono deles e a nova conduta mostram realmente que houve uma mudança, mostra que é um novo coração. Com diz o ditado: o traje não faz o monge. Não adianta algo aparente, somente exterior, um entusiasmo sem raízes, é preciso mesmo que tenha ocorrido uma mudança, e o verdadeiro arrependimento demonstra isto.

Este novo coração é uma necessidade universal. O homem já nasce pecador e inclinado ao pecado. Davi quando teve esta consciência pediu ao Senhor um coração puro e um espírito inabalável, ou seja, um coração regenerado. O Espírito Santo é que faz esta obra. Abra seu coração para Jesus e Ele te dará pelo Espírito Santo um coração purificado que terá uma disposição de obedecer a Deus e fazer a Sua vontade.

(O autor do artigo é o Pr. Eber Jamil, dono do blog).