Arquivo da tag: Adoração

QUE TIPO DE CULTO VOCÊ OFERECE A DEUS?

Worship Arts Graphic 2

Cultuar é reverenciar, homenagear, adorar ou venerar. Na história da humanidade há diversas formas de se cultuar a Deus. Vejo na Palavra alguns tipos de cultos oferecidos a Deus que quero destacar. O verdadeiro culto a Deus é o último que vou citar.

CULTO SINCRÉTICO:

Levítico 10

1 E OS filhos de Arão, Nadabe e Abiú, tomaram cada um o seu incensário e puseram neles fogo, e colocaram incenso sobre ele, e ofereceram fogo estranho perante o SENHOR, o que não lhes ordenara.

2 Então saiu fogo de diante do SENHOR e os consumiu; e morreram perante o SENHOR.

O culto oferecido por Nadabe e Abiú tiveram elementos estranhos, não prescritos pela lei cúltica levítica. Por isto representa bem o culto sincrético. Cheio de influência estranha. Uma verdadeira babel religiosa. Aceitando elementos estranhos a Bíblia.

CULTO INCOERENTE:

Amós 5

23 Afasta de mim o estrépito dos teus cânticos; porque não ouvirei as melodias das tuas violas.

24 Corra, porém, o juízo como as águas, e a justiça como o ribeiro impetuoso.

Este culto como o sincrético é rejeitado por Deus. O louvor se torna barulho, dissonante, por causa da incoerência. Falta honestidade, justiça, coerência e mesmo assim se cultua. Deus rejeita este tipo de culto. Para Ele é reprovável.

CULTO MECÂNICO:

Mateus 21

12 E entrou Jesus no templo de Deus, e expulsou todos os que vendiam e compravam no templo, e derribou as mesas dos cambistas e as cadeiras dos que vendiam pombas;

Foi o culto que Jesus encontrou no templo. As pessoas já não traziam seus sacrifícios de casa envolvendo-se. Eles iam ao templo e compravam os animais para oferecerem a Deus. Não era um culto voluntário. Era empacotado. Mecânico. Sem o envolvimento do coração.

CULTO ANTROPOCÊNTRICO:

Colossenses 2

20 Se, pois, estais mortos com Cristo quanto aos rudimentos do mundo, por que vos carregam ainda de ordenanças, como se vivêsseis no mundo, tais como:

21 Não toques, não proves, não manuseies?

22 As quais coisas todas perecem pelo uso, segundo os preceitos e doutrinas dos homens;

23 As quais têm, na verdade, alguma aparência de sabedoria, em devoção voluntária, humildade, e em disciplina do corpo, mas não são de valor algum senão para a satisfação da carne.

É um culto oferecido baseado na autossuficiência humana. Legalista. Parte do princípio que o esforço humano pode agradar a Deus. Na verdade não é um culto a Deus, mas um culto a si mesmo. O homem está no centro e não Deus.

CULTO IDOLÁTRICO:

1 Timóteo 6

10 Porque o amor ao dinheiro é a raiz de toda a espécie de males; e nessa cobiça alguns se desviaram da fé, e se traspassaram a si mesmos com muitas dores.

É o culto a ídolos. Condenado pela bíblia. Creio que um dos grandes ídolos do nosso tempo seja o dinheiro. Pregadores que pregam visando o lucro e ovelhas que cultuam somente para prosperar financeiramente. A idolatria não é um culto a Deus, mas um culto ao próprio homem que fabrica seus ídolos.

CULTO PAGÃO:

Êxodo 32

3 Então todo o povo arrancou os pendentes de ouro, que estavam nas suas orelhas, e os trouxeram a Arão.

4 E ele os tomou das suas mãos, e trabalhou o ouro com um buril, e fez dele um bezerro de fundição. Então disseram: Este é teu deus, ó Israel, que te tirou da terra do Egito.

5 E Arão, vendo isto, edificou um altar diante dele; e apregoou Arão, e disse: Amanhã será festa ao SENHOR.

6 E no dia seguinte madrugaram, e ofereceram holocaustos, e trouxeram ofertas pacíficas; e o povo assentou-se a comer e a beber; depois levantou-se a folgar.

É o culto ocultista. Baseado na bruxaria e feitiçaria. Um verdadeiro panteão de deuses que exigem sacrifícios esdrúxulos. No nosso tempo há muitos cultos pagãos. Diria até que há certo ressurgimento do paganismo em nosso tempo principalmente por causa da literatura, cinema e artes em geral.

CULTO VIVO E RACIONAL:

Romanos 12

1 ROGO-VOS, pois, irmãos, pela compaixão de Deus, que apresenteis os vossos corpos em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional.

2 E não sede conformados com este mundo, mas sede transformados pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus.

O culto que Deus deseja é o da misericórdia, uma entrega viva com todo o entendimento, amoldando-se a vontade divina e não antropocêntrica. Não é mecanicista, mas voluntário e vivo. Adorando a Deus em Espírito e em Verdade. O culto é cristocêntrico, pela mediação de Jesus, porque sem Jesus não se achega a Deus.

(O autor do artigo é o Pr. Eber Jamil, dono do blog).

PARA O MELHOR, DAREI O MELHOR!

Monte Moriá Leia 2 Samuel 24:19-25.

Satanás incitou a Davi realizar um censo em Israel. Deus não aprovou tal censo, pois foi uma atitude orgulhosa de Davi que passou a colocar sua confiança em suas forças armadas. O profeta Gade apresentou a Davi três castigos: três anos de fome, três meses de guerra e três dias de peste. Davi preferiu cair nas mãos de Deus e e houve três dias de peste. Setenta mil homens caíram sob o castigo de Deus. Gade orientou a Davi comprar um terreno de Araúna em Moriá e assim ele foi. Quando Araúna viu o rei subindo o monte perguntou-lhe: “Por que vem o meu senhor ao seu servo?”. Respondeu Davi: “Para comprar de ti esta eira a fim de edificar nela um altar ao Senhor” (Vs.21). Araúna ofereceu-lhe gratuitamente a eira e tudo mais que fosse preciso para o altar e o sacrifício, mas Davi alega que não iria oferecer ao Senhor holocaustos que não lhe custassem nada.

O local comprado chama-se monte Moriá (Gênesis 22). Onde Abraão ofereceu em sacrifício seu próprio filho Isaque e onde anos mais tarde Salomão construiu o templo e ofereceu sacrifícios a Deus (II Crônicas 3:1).

Aprendemos com Davi duas coisas básicas:

A primeira é que no reino de Deus deve haver renúncia e esforço. A salvação é pela graça, sem méritos ou ações do homem para se conquistar, mas uma vez dentro do reino de Deus, requer-se do seguidor de Jesus esforço e renúncia.

Mt 11:12 “E, desde os dias de João o Batista até agora, se faz violência ao reino dos céus, e pela força se apoderam dele”.

Mt 16:24 “Então disse Jesus aos seus discípulos: Se alguém quiser vir após mim, renuncie-se a si mesmo, tome sobre si a sua cruz, e siga-me”.

Josué 1: 9 “Não to mandei eu? Esforça-te, e tem bom ânimo; não temas, nem te espantes; porque o SENHOR teu Deus é contigo, por onde quer que andares.”

A segunda lição é que para O Melhor, que me deu o seu melhor, darei o melhor. Deus é o melhor, que nos deu o melhor, o seu filho unigênito para a nossa salvação (João 3:16). Davi não quis dar esmolas, nem sobras, mas deu uma fortuna. Comprou o terreno de Araúna por 600 siclos de ouro (1 Cr 21:25), que são cerca de 7 quilos de ouro, e pelos bois pagou 50 siclos de prata, que são cerca de  600 gramas de prata. Deus atentou para aquele sacrifício mandando fogo do céu para queimar o sacrifício no altar, que foi um sinal da aprovação divina. Para Deus devemos sempre oferecer o melhor e não algo despreparado e sem esmero.

(O autor do artigo é o Pr. Eber Jamil, dono do blog).

POR QUE EXISTO?

corrida “(…) Eu para isso nasci, e para isso vim ao mundo, a fim de dar testemunho da verdade. Todo aquele que é da verdade ouve a minha voz”.

Jesus, neste versículo, mostra que sabia do propósito do seu nascimento. Ele tinha senso de missão. O autor de Hebreus diz que Jesus suportou a cruz porque sabia a alegria que lhe estava proposta (Hb 12:2).

Saber o propósito para o qual foi criado responde a uma das grandes perguntas da vida: por que existo? E isto traz significado à vida. A vida ganha cor e sabor. (O vazio que existe em muitas pessoas é em decorrência do desconhecimento do propósito da existência). Saber o propósito, também traz direção, alvo. A pessoa sabe o que buscar, sonhar e para onde vai, porque sabe o seu propósito de existir. E por último, a sapiência do propósito faz com que a gente concentre os esforços em coisas úteis, essenciais a existência. Quem não sabe o seu propósito de existir tende a se dedicar a coisas inúteis e vãs.

Talvez você pergunte: qual é o propósito da vida? Poderia citar muitos versículos, mas citarei um com a resposta em negrito.

“ Portanto, quer comais quer bebais, ou façais outra qualquer coisa, fazei tudo para glória de Deus” (1 Co 10:31).

O homem foi criado para a Glória de Deus! Lute por este objetivo, busque este propósito, assim não desperdiçará sua vida, pelo contrário, viverás de forma plena e satisfatória.

( O autor do artigo é o Pr. Eber Jamil, dono do blog).

VERDADEIRA ADORAÇÃO

adoração João 4:20-24

20 Nossos pais adoraram neste monte, e vós dizeis que é em Jerusalém o lugar onde se deve adorar.

21 Disse-lhe Jesus: Mulher, crê-me que a hora vem, em que nem neste monte nem em Jerusalém adorareis o Pai.

22 Vós adorais o que não sabeis; nós adoramos o que sabemos porque a salvação vem dos judeus.

23 Mas a hora vem, e agora é, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque o Pai procura a tais que assim o adorem.

24 Deus é Espírito, e importa que os que o adoram o adorem em espírito e em verdade.

Numa conversa com uma mulher samaritana de comportamento duvidoso, Jesus ensina sobre a adoração. Certamente, se Jesus fosse igual a nós, não escolheria esta mulher para dar tal lição. Havia uma tensão estabelecida entre judeus e samaritanos, e a mulher era samaritana, mas Jesus vence o preconceito racial, social e conversa com essa mulher.

Havia um conflito teológico entre os judeus e samaritanos, para os samaritanos o local da adoração era o monte Gerizim, para os judeus era em Jerusalém. Jesus ensina que a adoração não deve está circunscrita e limitada a certos lugares. Em todos os lugares podemos adorar a Deus.

“(…) Mulher, crê-me que a hora vem, em que nem neste monte nem em Jerusalém adorareis o Pai”

Outra coisa que se depreende é que a adoração deve ser fruto de um conhecimento pessoal. Jesus falou: Vós adorais o que não sabeis (…). Quantos não adoram a Deus sem conhecê-lo? Quantos não praticam um ritual litúrgico sem saber a quem estão adorando?

O tempo de adoração é hoje. São todos os dias. Jesus disse que “a hora vem, e agora é”. O “agora é” indica que hoje “agora é” e que amanhã será também “agora é”, como daqui há um mês etc. A adoração deve ser permanente e perseverante.

A adoração deve ser verdadeira, legítima. Não deve ser para “inglês vêr”, mas autêntica. A falsidade é reprovada pelo Senhor. Ele não olha a aparência, mas o coração.

A adoração é pela fé. Só pela fé adoraremos a Deus em Espírito. Muitos canalizam sua fé em objetos e pessoas. Entretanto, a verdadeira adoração é em Espírito. Tal oração é desejada pelo Pai que busca verdadeiros adoradores. Devemos ganhar vidas para o Senhor, pois assim se tornarão adoradores agradando o coração do Pai celestial.

(O autor do artigo é o Pr Eber Jamil, dono do blog).