Arquivo da categoria: Espírito Santo

O MENINO COM CINCO NOMES.

nascimento-de-jesus-14

Segundo o google o nome mais comprido do mundo é de um escocês que tem 29 palavras e 197 letras. Em Isaías 9:6 temos um dos grandes pronunciamentos messiânicos, e as tentativas de achar um contexto na época de Isaías não são bem-sucedidas, pois se trata, de fato, uma profecia. Aqui o profeta fala que O Messias, que é Rei, traria a paz e o fim da contenda causada pelo pecado e a injustiça. O versículo é este:

Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu, e o principado está sobre os seus ombros, e se chamará o seu nome: Maravilhoso, Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz.

Sobre o nascimento desse menino vemos que em Isaías 7:14 um dos nomes referidos dele seria EMANUEL, que não vamos tratar aqui, e como cumprimento da profecia o nascimento seria de uma virgem. Ligada ao menino também está a ideia da encarnação, de Deus tomando a forma de homem, que é uma das grandes doutrinas cristãs. O Messias tomaria a natureza humana para compartilhar com os que haveriam de crer nEle a Vida Eterna, que é a vida de Deus.

O governo estaria sobre os seus ombros significando que o Messias viria da linhagem de Davi como já havia sido prometido por Deus e que Ele exerceria o Seu reinado de forma legítima tendo a carga da autoridade sobre Si.

O Profeta afirma que Ele teria cinco nomes. Todos exaltando a Majestade e Deidade do Messias. Na verdade, devemos pensar nesses nomes como uma série de títulos reais que mostravam a Sua Sublimidade sobre todos.

O nome MARAVILHOSO geralmente significa sobrenatural. Na história bíblica há narrativas de muitas maravilhas como a libertação do povo de Israel do Egito. Foram tantos os sinais na saída do Egito e na travessia do deserto! Mas a profecia diz, que o menino não só faria maravilhas, Ele em si seria maravilhoso. O Fato de Deus ter tomado a forma e natureza humana, e isto foi o que aconteceu com Cristo, mostra o quanto Ele é maravilhoso. Tem maravilha maior do que está? Deus tomando a forma de homem! Se um homem para salvar as formigas se tornasse uma formiga isto não seria algo grande? Seria. Mas, Deus tomar a forma e natureza humana foi maior do que isto. Quando Jesus curou o paralítico de cafarnaum levado por quatro amigos e perdoou seus pecados, todos exclamaram: Jamais vimos coisas assim. Não existe algo mais maravilhoso que Jesus.

O nome CONSELHEIRO demonstra a sabedoria de Cristo, o Messias. Já aos doze anos Jesus discutia acerca de lei de Deus com desenvoltura com os doutores deixando-os boquiabertos. Paulo chama Cristo de sabedoria de Deus. Jesus durante seu ministério se distinguiu e muito dos escribas e fariseus. Muitos ficavam maravilhados com sua doutrina porque ensinava com autoridade. Uma certa ocasião ensinando na sinagoga foi interpelado por um homem endemoninhado e o libertou. Ele combinava doutrina com prática. Foi posto muitas vezes em situações difíceis e sempre tinha a resposta adequada e sábia. No seu ministério trouxe palavras de vida eterna como disse Pedro e ao voltar reinará com sabedoria perfeita.

O nome DEUS FORTE é mais do que afirmar que o menino tinha um poder Divino. É afirmar a deidade do Messias, que foi maior que qualquer expectativa dos judeus. Jesus realizou milagres estupendos e incomparáveis mesmo não se valendo da Plenitude da Divindade que tinha. Ressureições, cura de paralíticos e coxos, cegos, andou por sobre as águas, multiplicou pães e peixes, acalmou tempestades e muito mais. Depois de ter cumprindo o seu ministério e ter sido elevado aos céus mostrou-se ao apóstolo João, que estava preso numa ilha, a Plenitude da Sua Divindade agora glorificada. Afirmou ser para João o Alfa e o Ômega, o Princípio e o Fim de todas as coisas, O Deus Todo-Poderoso. É glorificado que voltará para governar a terra por mil anos e depois seu Reino durará para sempre.

O nome PAI DA ETERNIDADE mostra claramente que o menino, o messias é Deus. João não apresenta uma narrativa do nascimento de Jesus e o coloca antes de todas as coisas apresentando-lhe como o Verbo. “No princípio era Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus”. Na narrativa de Gênesis podemos dizer que Jesus está descrito como a Palavra que Deus proferia. Nada de errado em chamar o Messias de Pai, apesar dEle ser o Filho, porque Ele, o Pai e o Espírito Santo são um. O próprio João em seu capítulo 1 também afirma: Todas as coisas foram feitas por ele, e sem ele nada do que foi feito se fez. Nada do que é seria sem Ele. Ao entendermos isto entenderemos que o sentido da vida é glorifica-lo. “Portanto dele, por Ele e para Ele são todas as coisas. A Ele seja a glória perpetuamente! Amém.”

O nome PRINCÍPE DA PAZ continua a desenvolver a ideia de Majestade do menino, do Messias. Na verdade Jesus veio para que a contenda entre a criatura e o Criador fosse resolvida. O homem dominado pelo pecado está em rebelião contra Deus e até a natureza sente os efeitos de tal contenda.  É em Cristo que encontramos Paz com Deus como está escrito em Romanos 5:1. Nas bem-aventuranças é dito que os filhos de Deus são pacificadores porque aquele que crê no Príncipe da Paz torna-se um embaixador da Paz e da Reconciliação. Como novas criaturas deixamos de contender com Deus, nos tornamos proclamadores e rogamos da parte de Deus, que os outros também se reconciliem com Deus (II Co 5:17-20).

É de ressaltar que tal profecia não é citada no Novo testamento. Mas, é claramente cristológica e promessa messiânica. Ela mostra claramente a Deidade de Cristo e também a humanidade quando diz que um menino seria chamado assim. Portanto, a profecia aborda o estado de humilhação de Cristo quanto ao seu estado também de exaltação.

Percebemos com estas verdades a profundidade do natal. Não foi mais um nascimento. Mas, foi o nascimento, o Verbo se fazendo carne, Deus habitando entre nós, o Tabernáculo e o Templo de carne em osso. Aquilo que os judeus conheciam através dos símbolos proféticos viram face a face. No natal que vejamos como Jesus de fato é e expulsamos de vez o papai Noel que é um intruso, uma mentira, que ilude.

(O autor do artigo é o Pr. Eber Jamil, dono do blog).

Anúncios

NATAL PERMANENTE.

natal1

Por ocasião do natal conceitos vitais como que despertam de um sono de onze meses: família, amor, ajuda ao próximo, fraternidade etc. As pessoas se abraçam, visitam umas às outras, trocam cartões, presentes e refletem sobre o nascimento de Cristo.

Bom seria se o natal não fosse somente nos dias 24 e 25 de dezembro, mas durasse para sempre. Será isto possível? O natal permanente não é papai Noel nos 365 dias do ano, duendes e outros mitos. Não são árvores enfeitadas o ano inteiro, nem comilança e nem ostentação o ano todo. O Natal permanente é:

I – A compreensão do desejo Divino de se aproximar do homem. Mateus falando do nascimento de Jesus cita a profecia de Isaías de que nasceria de uma virgem um menino que se chamaria EMANUEL, que traduzido é Deus conosco. O nascimento de Cristo, que foi a encarnação de Cristo, Deus tomando a forma e a natureza humana, foi o modo de Deus aproximar-se do homem que estava morto em delitos e pecados. O natal permanente é ter o entendimento que Deus enviou Seu Filho Jesus para religar o homem a Ele. Para tanto Jesus precisou ser concebido no ventre de Maria ser crucificado, mas a morte não venceu, Ele ressuscitou ao terceiro dia.

II – É crer que Jesus é o único mediador entre Deus e os homens. O natal permanente acontece quando o homem crê na obra do amor de Deus ao enviar Jesus, Seu filho, para religar o homem com Ele, e que Seu Filho Jesus é o único meio desta religação acontecer. Jesus disse: “Eu sou o caminho, a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim”. Quem crê em Jesus como Salvador, como único caminho para Deus torna-se filho de Deus por adoção, portanto tendo comunhão com Deus. Vivendo um natal permanente.

III– É quando o nascimento de Cristo deixa de ser um acontecimento histórico e passa a ser uma experiência pessoal. Meu pai na época do natal quando atendia o telefone falava: Jesus nasceu em Belém e nasce na gente também. Quando a pessoa crê em Jesus como Salvador, Cristo deixa de ser apenas uma tradição recebida e passa se relacionar com Ele de forma real e pessoal. É o que a Bíblia chama de Novo Nascimento. A pessoa quando crê em Jesus nasce de novo, nasce espiritualmente tornando-se uma nova criatura havendo um natal permanente.

IV– É ter O Espírito Santo habitando porque crê em Jesus. A partir do momento em que se crê em Jesus a pessoa recebe O Espírito Santo, se assim não fosse não seria de Cristo. O Espírito Santo passa habitar no corpo e tal fato acontece conforme Jesus prometeu que voltaria ao Pai, mas não deixaria seu povo só, e que enviaria O Espírito Santo Consolador para estar com eles. O natal é permanente com O Espírito habitando.

V– É quando a pessoa passa a ter um relacionamento próximo e íntimo de Cristo. A pessoa pela fé uniu-se a Cristo e passa ter Jesus como Seu Supremo Pastor. Onde ela conhecerá voz do Pastor que já conhece sua voz A pessoa cultivará a meditação na Palavra de Deus e a oração fazendo que sua vida sempre seja renovada e sempre tenha uma celebração da comunhão com Deus. O salmo 23 termina prometendo que na vida das ovelhas a bondade e a misericórdia do Senhor as seguirão por todos os dias das suas vidas. Isto é natal permanente!

VI– É quando se vive todos os dias as prioridades que Cristo deixou. Jesus nos disse para irmos em busca de ovelhas que não estão no aprisco dele. Mandou-nos fazer discípulos e integrá-los pelo Batismo nas águas promovendo o amadurecimento dessas pessoas para que possam ir, discipular e integrar outras pessoas também no corpo. Ao dar estas prioridades Jesus prometeu estar conosco todos os dias até a consumação dos séculos, ou seja, nos prometeu um natal permanente. Com as prioridades acertadas teremos um natal permanente.

VII– É crer que o relacionamento com Cristo é eterno.  Aquele que crê em Jesus recebe a Vida Eterna e de maneira nenhuma Ele o lançará fora. A vida que começou na fé em Jesus não fica inconclusa, porque Deus não deixa nada pela metade. Uma vez em Cristo sempre em Cristo. O Relacionamento com Ele é eterno, portanto o natal é permanente.

Quero concluir colocando a letra de um cântico antigo que fala sobre o natal permanente que vive aquele que crê em Jesus:

Sempre é natal para mim (2 x)

A minha vida é uma festa sem fim

Sempre é natal para mim

 

A cada momento meu Jesus meu Senhor

No meu coração bate com esplendor

Oh! Que alegria e que gozo sem fim

Sempre é natal para mim

 

Sempre é natal para mim (2 x)

A minha vida é uma festa sem fim

Sempre é natal para mim

 

Sim, Jesus nasce a todo instante

Quando o crente é fiel e constante

Glórias a Deus pois eu sinto assim

Sempre é natal para mim

 

Sempre é natal para mim (2 x)

A minha vida é uma festa sem fim

Sempre é natal para mim

(O autor do artigo é o Pr. Eber Jamil, dono do blog).

CORAÇÃO FÉRTIL.

frutos

Por natureza o nosso coração não era boa terra, mas Deus amoleceu, retirou pedras e espinhos, convertendo-o.  Ele revolveu a nossa terra para produzirmos fruto. Agora, o nosso coração está apto a ouvir, compreender e receber a Palavra de Deus. Por isto retemos a semente da Palavra de Deus e frutificamos espiritualmente. A Glória da salvação é de Deus e não dos homens. Só Deus muda o coração! Nós estávamos presos em nossa obstinação. O entendimento estava cego pelo deus deste século. Mas, ao ouvir a Palavra de Deus e a ação convencedora do Espírito tivéssemos a possibilidade de aceitar ou rejeitar a Palavra. Tal volição não nos faz meritório da salvação, porque se não fosse a ação do Espírito não teríamos a vontade de aceitar. Não está na natureza humana uma forma de salvar a si mesmo, por mais que tente, o homem não consegue alcançar por si só.

A iniciativa da salvação pertence a Deus. Se Deus não amasse o homem primeiro o homem não poderia amá-lo. Se Deus não estendesse a mão ao homem o homem não poderia estender a mão de volta. Sempre é tocante ler que Lídia teve o coração aberto por Deus para compreender a mensagem. Foi na casa dela que se reuniu a primeira igreja da Europa. Lídia foi alguém que frutificou e é da natureza de quem nasce de novo fazê-lo. Observemos que o coração fica fértil pelo trabalho do Espírito e frutifica pelo poder da Palavra lançada. Como a semente só dá fruto se primeiro morrer assim a pessoa nascida de novo só frutifica porque a velha natureza não domina mais.  Ocorre a morte do velho homem e nasce uma nova criatura. Quem crê em Jesus já passou da morte para a vida.

Agora, como discípulo de Jesus, negaremos a nós mesmos, tomaremos a nossa própria cruz e daremos frutos de acordo com a nova natureza que recebemos. Os frutos são coerentes com a nova criatura que nos tornamos. Não se pode esperar do abacateiro a não ser abacates. Assim é com o nascido de novo que dá frutos de nascido de novo em Cristo Jesus. Tiago asseverou que a fé sem obras é morta, ou seja, não existe. Alguém com fé em Jesus realizará obras se tiver tempo hábil para fazê-lo. Entretanto, é bom que se enfatize que a salvação é recebida somente pela fé e as obras que decorrem da fé são possíveis por causa do novo nascimento que ocorre após a fé em Jesus.

Jesus falando sobre os falsos profetas afirmou que pelos frutos deles seriam conhecidos e assim é, o falso e o verdadeiro serão evidenciados pelos frutos. Isto não significa que o verdadeiro deixará de pecar, mas quando pecar responderá sempre com arrependimento. O maior dos milagres é o novo nascimento. O milagre de cura não impede ninguém de morrer de outro tipo de enfermidade, ou de acidente. Mas, o nascido de novo, mesmo que passe por dificuldades, tem vida eterna que não será jamais tirada. Tal coração deixou de ser infrutífero para ser fértil e frutífero.

Quando nos examinámos pessoalmente para participar da ceia do Senhor rememoramos o significado do sacrifício de Jesus e a promessa da Sua volta. Só podemos participar da mesa do Senhor porque já temos a convicção de que somos parte do corpo de Cristo, ou seja, nascidos de novo, que tem a convicção de que foram transformados pelo Espírito Santo. Não mais uma vida infértil, mas fecunda para a Glória de Deus. Sempre é bom que ponderemos a respeito da nossa caminhada cristã e os frutos é uma boa maneira de avaliarmos como estamos. Quando escrevo sobre fruto não me refiro especificamente e somente a conversão de almas através da nossa instrumentalidade, mas de tudo que sai do nosso interior. Aquilo que pensamos, aquilo que falamos e aquilo que fazemos ou deixamos de fazer. É da natureza do nascido de Deus dar bons frutos porque Deus assim fez! A semente que é a Palavra é boa então os frutos serão bons! Boa colheita!

(O autor do artigo é o Pr. Eber Jamil, dono do blog).

CORAÇÃO REGENERADO.

Novo-Coração

Muitos quando se aproximam da mensagem do Evangelho depositam sua fé na Igreja,e aproximam do cristianismo depositam sua fé na vida social que a mesma proporciona, no pastor etc. Mas quando o problema chega, abandonam a fé. É como um terreno com uma camada fina de pedras, com cascalhos por baixo. É um coração superficial, que recebe com o entusiasmo a palavra, mas murcha, quando vem o sol da angústia, da perseguição, e abandona as fileiras. É um coração sem raízes profundas. No primeiro momento não dá para perceber isto porque a pessoa manifesta um entusiasmo e uma vontade de fazer tudo ao mesmo tempo, que parece uma fé real, mas não persevera.

Por situações semelhantes a esta, pessoas tendem acreditar que a salvação se perde depois de ter acontecido a regeneração. Porém, a parábola do semeador contada por Jesus deixou bem claro que estas pessoas na verdade não se converteram. A Palavra de Deus tem o poder de mostrar o que não se vê pela aparência. Pessoas que parecem ter gás total acabam mostrando que o que tinha era um entusiasmo passageiro.

O coração de quem se converte enraíza-se no Senhor. Portanto, persevera. Tal pessoa tem segurança. O maior dos milagres aconteceu, que é o novo nascimento. A pessoa recebeu um novo coração, uma nova natureza e foi liberta da escravidão do pecado. Agora o pecado é eventual. Não se vive mais na prática habitual dele.

O coração regenerado é frutífero. Mostra a fé que se tem. Tiago asseverou que a fé sem obras é morta. Havendo tempo hábil o crente que nasceu de novo mostrará que sua fé e genuína. Não escrevo que não possa apresentar dificuldades, pois perfeição só na glorificação, mas a fé verdadeira se visibiliza. Abraão creu e isto foi imputado como justiça. Abraão passou por provas e perseverou mostrando que sua fé era real.

Ao recebermos Jesus o amor de Deus foi derramado em nosso coração com a presença do Espírito Santo. Assim o nascido de novo que tem uma capacidade natural de amar recebe o amor de Deus como fruto que dá uma capacidade além da natural de amar. Um amor que se torna a marca identificadora no caráter do crente que é nascido de novo.

Uma nova natureza, uma nova estrutura recebe o nascido de novo que é tão diferente daquela que tem o superficial. O superficial é comandado pela alma, pela concupiscência, mas o nascido de novo é dirigido pelo Espírito de Deus que habita nele influenciado a alma e a mordomia do corpo. De maneira nenhuma as características do nascido de novo são sustentadas por ele mesmo. É obra de Deus. É milagre do Senhor. É obra do Espírito Santo. Não é mérito pessoal.  Quando Jesus foi crucificado e ressuscitou conquistou a vitória sobre satanás e sobre a opressão do domínio do pecado. Quem crer nEle recebe a libertação, a salvação e deixa de ser escravo do pecado e recebe a vida eterna.

O sinal que houve a libertação é o arrependimento. A tristeza segundo Deus, a confissão de pecados, o abandono deles e a nova conduta mostram realmente que houve uma mudança, mostra que é um novo coração. Com diz o ditado: o traje não faz o monge. Não adianta algo aparente, somente exterior, um entusiasmo sem raízes, é preciso mesmo que tenha ocorrido uma mudança, e o verdadeiro arrependimento demonstra isto.

Este novo coração é uma necessidade universal. O homem já nasce pecador e inclinado ao pecado. Davi quando teve esta consciência pediu ao Senhor um coração puro e um espírito inabalável, ou seja, um coração regenerado. O Espírito Santo é que faz esta obra. Abra seu coração para Jesus e Ele te dará pelo Espírito Santo um coração purificado que terá uma disposição de obedecer a Deus e fazer a Sua vontade.

(O autor do artigo é o Pr. Eber Jamil, dono do blog).

FRASES POSTADAS NO TWITTER 58.

imagens-posts-blog

01\01\2017 – A consciência do amor Divino por nós traz segurança necessária para exercemos a nossa confiança nas demandas da vida.

02\02\2017 – Seja qual for a situação podemos contar com a Bondade e a graça de Deus. Não crie mecanismos de fuga da vida mesmo enfrentando situações difíceis.

03\01\2017 – Promessas feitas na Bíblia se cumpriram várias gerações seguintes. Mostrando que a história não está solta e que Deus tem cumprido a Sua vontade.

04\01\2017 – Servir a Deus não é uma negação da vida, mas pelo contrário, é de fato viver, encontrar o vértice de toda história, que é Jesus Cristo.

05\01\2017 A imprevisibilidade da vida é para todos. Então seja qual for a idade pode se manifestar a fé em Deus tendo já consciência para tal.

06\01\2017 – Na vida a estabilidade, moderação são fundamentais. Viver ancorado num mundo turbulento é essencial. Vive assim quem confia em Deus.

07\01\2017 – A consagração a Deus envolve tudo. Não somente o culto. É necessário reconhece-lo em todos os nossos caminhos, e assim endireitará nossas veredas.

08\01\2017 – A vida pessoal com Deus tem reflexo nos relacionamentos interpessoais e sendo bem vivida trará um testemunho positivo para o próximo.

09\01\2017 – Devemos cumprir em nossa geração a vocação missionária que nós temos. Sempre lembrando de cultivar nas crianças a visão missionária desde cedo.

10\01\2017 – Como servos de Cristo precisamos ter nas entranhas a necessidade de fazer a vontade do Pai. A Vontade de Deus não pode ser um complemento.

(O autor das frases é o Pr. Eber Jamil, dono do blog).

RECEBENDO UM NOVO CORAÇÃO.

coracaodepedra

O coração, antes de Cristo, é endurecido cujo entendimento está cego por satanás. A pessoa não compreende as coisas espirituais com o espírito, mas tem uma compreensão natural das coisas. A pessoa é dirigida por sua própria alma, que está rendida as concupiscências, escrava do pecado e de satanás. O coração endurecido é agrilhoado ao pecado. É um rendido. No máximo que acontece é a pessoa exercer uma força de vontade em seguir os preceitos de Deus, vivendo regra por regra, mas sempre fracassará porque ninguém na carne consegue agradar e justificar-se diante de Deus.

A pessoa recebe influências do pensamento que domina esse mundo que a mantém aprisionada ao pecado. O sistema de pensamento que domina o mundo é maligno. Dando, muitas vezes, a impressão de ser libertário, humanista, mas são sofisticações satânicas, que alimentam a concupiscência humana e justificam seus pecados dando camadas de vernizes ideológicos.

O endurecimento também acontece por causa de uma resistência que a pessoa faz em relação a Palavra de Deus, em relação a ação do Espírito Santo no coração. A pessoa ouve, mas resiste. O Espírito Santo convence, mas a pessoa resiste ao convencimento. Deus é o Deus das oportunidades, mas muitos escolhem não aproveitar e endurece o coração em relação a Obra do Espírito Santo.

O endurecimento e a cegueira espiritual não são resolvidos pela própria pessoa. Ela não cura a si mesma. Só com a audição da Palavra de Deus e o convencimento do Espírito que o coração pode ser quebrantado. A Bíblia conta a história de Lídia, que era uma pessoa religiosa, mas não conhecia a Deus, enquanto Paulo pregava Deus abriu o coração dela para que ela entendesse a pregação. É O Espírito Santo que realiza esta obra. Se O Espírito não convencer a pessoa não entende e nem aceita. O próprio Paulo, que antes era conhecido como Saulo, que era um extremo religioso que perseguia os cristãos, teve um encontro com Jesus que mudou toda a sua vida. A iniciativa da salvação é sempre de Deus. Deus amou o mundo primeiro e decidiu enviar Seu Filho para resgatar a humanidade, recebendo a salvação aquele que crê.

A pessoa crendo em Jesus passa pela experiência do Novo Nascimento, onde ocorre a mudança do coração, agora não mais endurecido feito pedra, mas um coração de carne, que tem uma nova natureza que ama a Deus, deseja obedecê-lo, e que pode entender as coisas espirituais, que antes não enxergava e nem compreendia. Davi, certa vez, pediu: Cria em mim, ó Deus, um coração puro, e renova em mim um espírito estável. Tal milagre é o Novo Nascimento, segundo Jesus Cristo.

Diz o ditado que o coração é terra onde ninguém pisa, mas O Espírito quando convence e é recebido adentra no coração e o torna terreno fértil para as coisas de Deus. Agora o nascido de novo responderá o pecado cometido com o arrependimento. Deus o chama para uma vida que caminha para a perfeição, que será segundo a imagem de Jesus Cristo.  É necessário nesta caminhada ter como bússola a Palavra de Deus e a companhia do Espírito que habita no crente dirigindo pelo caminho que é Jesus. A vida não é mais egocêntrica, mas cristocêntrica. Quer se coma ou beba é a Glória de Deus que é almejada. O coração regenerado é transformado e seguro, pois o sacrifício feito por Jesus foi perfeito. O fato dEle ter ressuscitado mostra o poder da Vida de Deus, que é a Nova Vida que recebemos, o Novo coração, que mesmo atravessando dificuldades a pessoa nascida de novo está nas mãos de Deus de onde não poderá ser tirada.

(O autor do artigo é o Pr. Eber Jamil, dono do blog).

FRASES POSTADAS NO TWITTER 57

jesus_cristo_natal

A vida com Deus não só tem o sentido direcionado para Ele, mas também para o próximo. Jesus deixou claro com os dois mandamentos quando Ele resumiu a lei – 29\12\2016

O amor natural não é como o amor que vem de Deus. O amor de Deus é um fruto do Espírito Santo, e só tem o fruto quem tem o Espírito Santo. 28\12\2016

Pelo poder de Deus o homem chega mais longe do que chegaria naturalmente. 27\12\2016

Jesus, O nosso Senhor, deixou-nos o exemplo, como Homem confiou em Deus, dependeu do Espírito Santo e andou pelo caminho da humildade. 26\12\2016

É de suma importância entender que a fraternidade presente no natal não pode se resumir a festa. Jesus veio para dar vida em abundância. 25\12\2016

Se você tem vivido momentos conturbados renove sua esperança em Jesus. Assim, a Luz dEle te dará alento para venceres as dificuldades da vida 24\12\2016

A simplicidade do verdadeiro natal mostra a Grandeza de Deus. O Eterno tomou a forma humana em circunstâncias tão singelas mesmo sendo Deus. 23\12\2016

É tão bom saber que Deus acolhe os que o buscam de todo o coração recebendo-os com seu amor incomparável. 22\12\2016

A questão é conhecermos a Deus porque o meu conhecimento dEle é que influenciará o modo como cuido daquilo que Ele me deu.21\12\2016

Creio que entre muitas virtudes O Espírito nos confere ousadia, coragem, porque a oposição do mundo é uma realidade. 20\12\2016

(O autor das frases é o Pr. Eber Jamil, dono do blog).