Arquivo da categoria: Sofrimento

FRASES POSTADAS NO TWITTER 63.

 

evangelizaçao

Não queremos que a Igreja se torne uma peça de museu nem Deus a fundou para isto. A missão é pregar o evangelho a toda criatura. 13\06\2017

Jesus, sendo Deus, tem o poder de revigorar o cansado. Se ele ressuscita até mortos não tem poder para renovar uma pessoa cansada? Claro que tem. 15\06\2017

Para que a Igreja de Cristo cresça com solidez é preciso cumprir a ordem de Jesus: “ide e fazei discípulos”. Não há como ser diferente. 16\06\2017

O crente em Jesus deve se sentir seguro, pois ele passará por provas, mas será aprovado. Ele pode claudicar, até cair, mas levantará! 17\06\2017

Cumprindo seu papel a Igreja de proclamar a Palavra fará diferença neste mundo como o sal faz diferença na comida e a luz faz nas trevas 18\06\2017

Ao se aproximar da Bíblia com humildade e dependência de Deus aprenderás e te conduzirás de forma acertada. Ela é lâmpada para nossos pés. 19\06\2017

O olhar do crente não é um olhar ensimesmado. Quem vive olhando para o seu próprio umbigo anda na contramão da vontade de Deus. 20\06\2017

Fazer o bem é um bom lema para a vida. Sem priorizar a recompensa. Fazê-lo de forma altruísta. Fazer principalmente a quem não pode retribuir. 21\06\2017

A Igreja recebe a capacidade de Deus de vencer e de perseverar. Sempre há um remanescente fiel, como acontecia com o povo de Israel no Antigo Testamento. 25\06\2017

A morte que tira a esperança de muitos não tira a esperança do justo. A Bíblia diz que o justo tem esperança até na morte. Tal esperança é viva – 26\06\2017

(O autor das frases é o Pr. Eber Jamil, dono do blog).

O INCONFORMISMO QUE É DE DEUS.

sede de deus

O inconformismo pode ser desagradável de sentir, mas a consciência de que não se está bem pode ser o resultado do trabalho do Espírito Santo na pessoa que está sendo convencida a ter uma mudança de vida. O pecado tem no início um efeito letárgico. Há um lapso de tempo até o indivíduo ter uma exata noção da gravidade do seu ato. No início do arrependimento ocorre a melhor das quedas quando a pessoa “cai em si” e percebe a sua real condição que estava nebulosa pelo efeito do pecado cometido. Ele sente sua pecaminosidade e inadequação que leva ao inconformismo consigo mesma. É a tristeza segundo Deus que leva ao arrependimento, que é sentida pela ação do Espírito Santo.

Alguns por sua jactância e endurecimento resistem a ação do Espírito e enfrentam a situação do pecado com saídas que enganam a si mesmo, tais como o viés ritualístico religioso ou por ações e sentimentos autopunitivos. Piorando seu estado pois se alastram na alma e até no corpo físico.

O homem não consegue resolver o problema do pecado. Seu estado é incapaz de fazê-lo e incapaz de senti-lo por meios próprios o arrependimento, o inconformismo, que leva a Jesus. Se Deus não convencer não lhe é possível.

Além do arrependimento o inconformismo pode anteceder um avivamento. O povo antes do avivamento tem a consciência de que seu estado é aquém da vontade de Deus e não fica satisfeito com isto. Junto com o quebrantamento, o inconformismo diante da crise são terrenos, que O Senhor está preparando para avivar e renovar.

No meio cristão o inconformismo na maioria das vezes é associado a rebeldia e murmuração, e pode ser assim. Entretanto, como tenho mostrado ele pode anteceder ao arrependimento, ao avivamento e a uma vida mais plena.

Sim, antecede a vida plena também. Pois, o desejar mais de Deus, mais do Seu Espírito pode ser fruto de uma consciência que há mais de Deus para receber e se aprofundar. É o desejo essencial de realizar a Vontade de Deus em sua vida de forma semelhante a fome que deseja o alimento. Deseja-se nada menos do que a vida abundante que Cristo conquistou: abundante de paz, contentamento e direção do Espírito.

A vida plena é quando se vive na plenitude do Espírito, quando a pessoa é cheia do Espírito, e chegou a maturidade espiritual, que é a amizade com Deus, que tem a marca da obediência, do temor e do companheirismo. A pessoa discerne as coisas espirituais com as espirituais não sendo levado pelos ventos das heresias que demovem os meninos na fé. Na amizade com Deus há um maior entendimento da vontade de Deus, pois a pessoa apresenta-se diante de Deus como sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, não se conformando com este mundo e tendo a mente renovada pela Palavra de Deus.

Com estas afirmações chegamos a conclusão que Deus em Sua Soberania usa certas circunstâncias que parecem ser obtusas, não afinadas com nossa história para que o nosso coração venha ser transformado. Já para aqueles que conhecem a Jesus a crise, o inconformismo tira a pessoa de uma possível zona de conforto que leva a uma maior busca pela vontade de Deus, que é saciada em Cristo.

( O autor do artigo é o Pr. Eber Jamil, dono do blog).

FRASES POSTADAS NO TWITTER 59

download

11 de jan – Só tem Jesus como intercessor, advogado, que crê nele como Salvador e Único Mediador entre Deus e os homens. Creia em Jesus e serás salvo!

12 de jan – É importante que tenhamos uma mente Bíblica, pois a Palavra mostra a Vontade de Deus, e vendo as coisas na perspectiva de Deus iremos bem.

13 de jan – Seja qual for a situação o crente em Jesus tem o recurso da oração. Grandes mudanças e transformações acontecem porque o servo de Deus ora.

14 de jan – Deus se agrada daquele que vive pela fé e vive de acordo com a fé nEle. A glória dos que praticam o mal é passageira, mas o justo prevalece.

15 de jan – Ter um relacionamento com Deus de mão única pensando em relação  somente em si próprio com Deus agindo em seu favor não se pode chamar relacionamento.

16 de jan – A vida verdadeira com Deus começa dentro e é externalizada de forma coerente. A mera religião é uma vida de aparência, q não tem coerência.

17 de jan – A caminhada com Cristo é uma caminhada de fé desde o início até o fim. Isto não é mérito nosso, porque o Autor e Consumador da nossa fé é Jesus.

18 de jan – Não somos nós os “deuses” que criamos as coisas quando oramos. Somos os filhos de Deus que amam O Pai Celestial e que desejam  O Seu Reino.

19 de jan – A história de Tomé é exemplar para a Igreja. Mostra q não devemos repudiar os que entram em crise,mas acolhê-los e dedicar tempo,oração e cuidado.

20 de jan – Se queremos ter uma vida que agrada a Deus temos que necessariamente caminhar com fé e confiança em Deus. Ele trabalha para os que nEle esperam

(O autor das frases é o Pr. Eber Jamil, dono do blog).

FRASES POSTADAS NO TWITTER 58.

imagens-posts-blog

01\01\2017 – A consciência do amor Divino por nós traz segurança necessária para exercemos a nossa confiança nas demandas da vida.

02\02\2017 – Seja qual for a situação podemos contar com a Bondade e a graça de Deus. Não crie mecanismos de fuga da vida mesmo enfrentando situações difíceis.

03\01\2017 – Promessas feitas na Bíblia se cumpriram várias gerações seguintes. Mostrando que a história não está solta e que Deus tem cumprido a Sua vontade.

04\01\2017 – Servir a Deus não é uma negação da vida, mas pelo contrário, é de fato viver, encontrar o vértice de toda história, que é Jesus Cristo.

05\01\2017 A imprevisibilidade da vida é para todos. Então seja qual for a idade pode se manifestar a fé em Deus tendo já consciência para tal.

06\01\2017 – Na vida a estabilidade, moderação são fundamentais. Viver ancorado num mundo turbulento é essencial. Vive assim quem confia em Deus.

07\01\2017 – A consagração a Deus envolve tudo. Não somente o culto. É necessário reconhece-lo em todos os nossos caminhos, e assim endireitará nossas veredas.

08\01\2017 – A vida pessoal com Deus tem reflexo nos relacionamentos interpessoais e sendo bem vivida trará um testemunho positivo para o próximo.

09\01\2017 – Devemos cumprir em nossa geração a vocação missionária que nós temos. Sempre lembrando de cultivar nas crianças a visão missionária desde cedo.

10\01\2017 – Como servos de Cristo precisamos ter nas entranhas a necessidade de fazer a vontade do Pai. A Vontade de Deus não pode ser um complemento.

(O autor das frases é o Pr. Eber Jamil, dono do blog).

PERSEVERANÇA DOS SALVOS.

perseveranca5

Uma das grandes marcas de uma Igreja cheia do Espírito Santo é a perseverança, constância na comunhão, no partir do pão, na doutrina dos apóstolos, na prática da evangelização etc.

 
Enquanto a marca do mundo é a inconstância, volubilidade, a Igreja anda na contramão dessa tendência, pois está fundamentada na rocha imutável que é Cristo.  A Igreja é composta por homens que nasceram de novo, que podem eventualmente cair, mas se acontecer, serão levantados e perseverarão no final.

Em suas fileiras também há pessoas não genuínas, que não tiveram a experiência do novo nascimento. Vivem no engano. Não passarão no dia do juízo. Mas, aquele que realmente faz parte da igreja persevera apesar do contrafluxo do mundo.

A perseverança por parte do salvo acontece porque o crente em Jesus nasceu de novo, ou seja, o maior milagre aconteceu na vida dele. Ele deixou de ser escravo do pecado para ser servo de Cristo. Por isto o seu coração regenerado responde com arrependimento os pecados cometidos. Pode até ocorrer uma demora em fazê-lo, mas ocorrerá. Tudo isto pelo poder transformador de Deus realizado na vida da pessoa que creu nEle.

O justo tem sua vida iniciada pela fé e toda sua carreira que tem transcorre em fé. Alguns abandonam a carreira, desistem, mas na verdade não tiverem de fato um início genuíno. Muitos se aproximam do corpo de Cristo sem de fato um dia pertencê-lo. Podem até ser batizados, mas não se converteram.  A membresia em uma igreja local não faz ninguém salvo. Só aqueles que nascem da Palavra de Deus e do Espírito de fato se converteram e terão como fruto a perseverança.

Depois da conversão a posição espiritual mudou. Deixou-se de estar sob o domínio de satanás e passou a viver em Cristo. Uma vez em Cristo sempre será de Cristo. Agora habita-se, espiritualmente falando, nas regiões celestes em Cristo Jesus. Como disse Pr. Adriano de Castro Magalhães não se fica dançando minueto no céu: entrando e saíndo de lá. Se está em Cristo e no céu, estará de forma definitiva. Portanto, os salvos perseveram, apesar de às vezes acontecer problemas na caminhada.

A nova natureza recebida  é um novo coração espiritual que faz com que haja reprovação do pecado que se aprovava e aprovação do que rejeitava das coisas espirituais. Em Cristo de fato ocorre uma mudança interior, que se reflete na postura dainte da vida e no modo  como enxerga as coisas. A nova natureza é espiritual gerada pelo Espírito Santo na vida do que crê, que passa a ter a vida de Deus, e que agora se alimenta da Palavra de Deus.

O nascido de novo persevera e por isto pertence ao grupo daquele que conclui a carreira. O crente em Jesus não será uma obra inacabada. Chegará até a glorificação onde será semelhante a Jesus. Tal feito é obra de Deus, que operou a poderosa salvação naquele que crê. O salvo não é daqueles que se perde na jactância, mas é daqueles que caminham em humildade sabendo que o Poder de Deus é quem capacita caminhar e concluir.

(O autor do artigo é o Pr. Eber Jamil, dono do blog).

RENOVO.

renovacao

Estamos vivendo numa época de constante agressão a natureza: poluição, desmatamentos e queimadas. O efeito el niño, estufa, são frutos dessa agressão. Desastres naturais constantes mostram que a natureza tem sentido a ação do homem em seu meio ambiente. Ocorrem também verdadeiras devastações espirituais nas vidas das pessoas. Elas ficaram como uma árvore que foi tombada ou cortada onde se restou apenas o toco. Os machados existenciais fizeram-nas tombar e ter reputação de vencidas. Sentem-se sem esperança e sem possibilidades de reverter a situação.

Segundo a profecia, Jesus é capaz de dar vida aquele que foi derrubado e fazê-lo frutificar. Ele é O Renovo, a raiz de Davi, que surgiu da árvore genealógica tombada de Jessé. Creia nEle de todo coração. Enquanto houver a vida física há possibilidade da fé reascender, e isto acontece. O poder de Deus ressuscita a vida através do renovo de Jessé – Jesus, de onde nascem raízes que se aprofundam e onde uma árvore frutífera e viçosa surge.

Talvez o pecado tenha te cortado e derrubado. Sua esperança se esvaiu. Você que vinha caminhando chei0 de projetos sentiu a lâmina afiada e tombou. O pecado atrai naquilo que nós desejamos. Se o nosso desejo aceita a isca, pecamos. Daí sentimos a lâmina transpassar a nossa alma e a nossa estrutura vem abaixo. Como sair dessa?

A zombaria e o desprezo dos homens colaboram para que continuemos na prostração. Os comentários e as constatações humanas atestam que não há saída para ti. No fundo os homens se veem em você e como não se reabilitaram da queda, dizem e zombam que você também não sairá dessa.

Não fique sobressaltado pelo tamanho da queda e nem nos seus ouvidos ecoem o barulho do machado. Creia na Palavra de Deus. Creia em Jesus, o Renovo. O assombramento paralisa e mina a esperança. A fé em Jesus é a solução para a devastação. Pois, a incredulidade cimenta a prostração e nos impede de levantar. Abra seus ouvidos e corações para a Palavra de Deus que tem poder de fazer a fé nascer onde a incredulidade endureceu.

A culpa é outro fator que nos faz continuar derrubado. Pois, ela traz peso e solidão. Quando cai a ficha do pecado cometido o homem se dá conta da sua incapacidade de solucionar a questão. A culpa vira uma espécie de assombração onde aparece sempre diante da pessoa mostrando a dura realidade do pecado cometido.

A incredulidade embaça a visão do perdão e restauração em Cristo. É muito mais fácil acreditar na restauração do outro, que conta o testemunho e parece ser fácil, mas você sente o peso do abatimento que domina seu emocional, colaborando para que a fé não prevaleça.

Como aconteceu na história do povo de Deus onde parecia não surgir mais esperança (a árvore tombada de Jessé) nasceu um ramo (Davi) do qual brotou um rebento (Jesus), assim há esperança para você que no momento só é um toco. Jesus que têm os setes Espíritos de Deus, ou seja, O Espírito Santo em plenitude, restaurará a sua vida. Creia. Confesse. Não peque mais. Levanta-te pelo poder de Jesus. Viva a vida de Jesus em você. Vida frutífera. Abençoada. Chega de ficar assombrado pelo tombo que tomastes. Chega de ficar lembrando do machado afiado. Maravilhe-se com a obra de Jesus Cristo na Cruz e na Sua Ressurreição, pois é esta obra, que restaura a sua vida e te faz frutificar.

(O autor do artigo é o Pr. Eber Jamil, dono do blog).

VERDADEIRO ABRIGO.

tempestade14

Na iminência de sofrer um grande desastre o povo de Israel confiava que os seus sábios, fortes e ricos sobreviveriam. Muitas vezes nos refugiamos em falsos refúgios. Criamos em nossas mentes alvos, que nos tornarão inexpugnáveis. Pensamos ser intocáveis. Verdadeiramente fortes. Mas, pequenos detalhes podem nos fazer sucumbir dessas fortalezas imaginárias, pois são imaginárias.

Jeremias, o profeta, chorava de dia e de noite, quando pensava no que estava por vir. Avisou claramente que a sabedoria, a força e a riqueza humanas são limitadas e não poderiam resistir ao que estava para acontecer. Nada que se baseia no homem é invencível. Nem os mais poderosos e dominados por sua arrogância podem resistir o juízo divino.

Salomão foi o homem mais sábio que existiu depois de Jesus, mas foi vencido pela luxúria. Ninguém foi mais forte do que Sansão, mas o seu caráter o fez ser derrotado. O homem rico da parábola do rico insensato juntou dinheiro, mas acabou não deixando herdeiros para receber o que acumulou. Aquele que confia em si mesmo ou no que conquistou não tem alicerce sólido, pois mais se pense que tenha. É um embriagado de si mesmo, que o deixa desnorteado sujeito a grandes quedas.

Não podemos depositar a nossa confiança em nossas capacidades, pois são limitadas. Mas sim, no Deus que conhecemos, que age com Misericórdia, Justiça e Juízo em toda terra. As Misericórdias do Senhor são a causa de não sermos consumidos. Todo o poder pertence a Deus e é Ele que pode dar o homem o fundamento necessário para o enfrentamento das demandas da vida.

Conforme o profeta profetizou a essencialidade de uma vida bem fundamentada é o conhecimento que se tem de Deus. Quem tem Deus como sustento realmente terá um sustento, pois Deus não é uma criação da mente humana, mas a Origem de todos e Senhor da história, que provou em Jesus, que se é possível vencer o mundo com suas dificuldades e calamidades. Na vida de Jesus vemos o exemplo do que parece ser derrota na verdade ser vitória.

Percebemos que a obediência a Deus fortalece a estrutura da vida para que se persevere diante das dificuldades. Nada acontece sem a permissão Divina, que é bom, justo e julga o homem na sua integralidade. Conhecer o caráter de Deus fará diferença em meio as tribulações que enfrentamos. A fé no Deus que Jesus revelou e que as Escrituras registraram faz com que conheçamos e prossigamos em conhecer mais o Senhor.

Portanto, não nos ufanaremos, nos gloriaremos nas nossas falíveis capacidades. O nosso Deus é o nosso sustento e a Ele pertence toda a Glória. A arrogância não nos protege, mas nos ilude. Quem confia no Senhor é que estará seguro. Seja qual for a circunstância, louvaremos ao Senhor por aquilo que Ele é e sempre será: Misericordioso e governa todo o Universo. A glória humana que a sabedoria, a força e a riqueza trazem são passageiras. Acabam. Os que fazem a Vontade de Deus são os que permanecem. Portanto, se existe algo que devemos confiar e nos sustentar é em Deus, que é Soberano.

O conhecimento que Deus dá e recebemos pela fé não são elucubrações da nossa mente, mas revelação de Deus. Portanto, são verdadeiras. Experimentáveis. Praticáveis mesmo numa vida cheia de sobressaltos. Viverá pacificado quem encontrou o verdadeiro abrigo da vida, onde as lutas são enfrentadas com esperança, tendo consciência que a Vontade de Deus sempre triunfará. Aleluia!

(O autor do artigo é o Pr. Eber Jamil, dono do blog).